20070303

Philia – amor de amizade ou algo mais?















“Ama e faz o que quiseres. A medida do amor é amar sem medida.” (Santo Agostinho)

Philia é o sentimento de amizade, simpatia e afeição por alguém.
É outra forma de amar. É amor de ternura, alegre, expansivo.
É saber ouvir e aconselhar.
É também confiar.
É querer bem a alguém, em vez de o possuir.

Acho engraçada a expressão: “Amizade é o amor sem sexo”. (Onde é que eu já ouvi isto?)
Será que amizade poderá ser amor sem sexo?
Poderá haver amizade entre duas pessoas de sexo diferente?
Será que esta é sempre verdadeira amizade ou poderá evoluir para outros estádios?
Terá alguma componente de simpatia romântica?

Amizade será, também, o amor conjugal realizado?
Philia e Eros que terão em comum?

Penso que amizades grandes e incondicionais, às vezes podem confundir-se com outro tipo de amor. Se calhar conviria saber fazer a distinção, o que nem sempre será fácil.

O que é certo, é que na amizade se correm riscos, se esta descambar para além do que na realidade é (amizade) ou, sobretudo, se não for recíproca.

Às vezes, aposta-se numa amizade e, mais tarde, surgem desilusões.
Afinal, na amizade nem sempre tudo corre bem. Porquê?
O que faltará? Lealdade? Reciprocidade?

Para não nos magoarmos, convém que saibamos, também, fazer a distinção entre “amigos” e apenas “conhecidos”.

Não podemos considerar “amigos” todos aqueles com quem, de certo modo, nos relacionamos.

Nesses relacionamentos deverá entrar outra dimensão do amor – o Agape. Este está acima do Philia e do Eros e nunca nos magoará, uma vez que não exige reciprocidade.

4 comentários:

elsa nyny disse...

Olá!!
Cá estou eu, amei o teu gesto de me procurares, de ficar a conhecer mais um rosto, dos muitos que me visitam e que eu nunca chego a conhecer! Adorei o teu cantinho, sim de facto há identificação, e muita! Adorei!
Quanto á amizade ... eu digo sempre que é o - AMOR feito AMIZADE - que tudo dá e nada espera!!
fico á espera da tua marca...por lá!!!
Beijinhos !!

elsa nyny disse...

Ah!!
Só para te dizer que já te linkei!

:))

Nanny disse...

Olá

Vim-te espreitar... e gostei do que li e ouvi!

A verdadeira amizade é muito rara, e mesmo quando existe às vezes vai-se desvanecendo no tempo (como o Amor também), se não for tratada e regada como uma flor sensível.

Já tive boas amizades que simplesmente desapareceram no tempo, como tive um Amor que acho já morreu - restou algum carinho por uns e por outro, mas não é suficiente para continuarem a ser o que eram...

A reciprocidade é fundamental e quando deixamos de a sentir algo se quebra dentro de nós.

Resumindo: esta não é das melhores alturas da minha vida para comentar o teu post, mas é aquela em que me encontraste e te descobri.

Prometo voltar e não ser tão controversa!

Beijoca da gata

Fa menor disse...

Amigas!
Gostei muito de vos ter por cá!

Voltem sempre que tiverem vontade.

beijinhos para as duas.
:-)