20080123

"O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá"

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá é o título de um pequeno livro do escritor brasileiro Jorge Amado, entre os muitos que tenho na estante, e que ando para ler há algum tempo.
Provavelmente não terá nada a ver com o que se segue. Também, o objectivo não é escrever um texto lá muito coerente.

Quando comecei com este blog, e como terei já referido nalgum lado, fi-lo com o intuito de aqui ir colocando coisas que me dissessem algo. Mais até para mim do que para quem me viesse a ler. Coisas que me fizessem sentir bem quando aqui entrasse, que de certo modo me realizassem e me dessem prazer saborear. Objectivo um bocadinho egoísta, diga-se a verdade, mas é que isto do ego e da auto-estima tem muito que se lhe diga! Porque, ou eu me sinto bem comigo própria e contagio os outros com a minha felicidade ou, caso contrário, corro o risco de ir afundando, podendo arrastar comigo quem estiver mais perto. E eu só quero que todos se sintam bem, principalmente os que mais amo.

Ao efectuar uma pesquisa sobre a comunicação relembro-me que esta pode ser de vários tipos, desde os animais aos humanos. Visual, olfactiva, sonora, gestual, linguística, escrita...
Sobre a comunicação olfactiva, achei interessante a demarcação do território, através da urina, feita por canídeos e felídeos. E, ainda, o odor do cio das fêmeas logo compreendido pelos machos.
Relativamente à comunicação sonora, esta é usada por quase todos os animais, mas estou a lembrar-me de algumas aves com os seus rituais de acasalamento. E, ainda, um determinado mugido entre alguns bovídeos selvagens que produz a imediata concentração das fêmeas.
E fico-me por aqui...

Este texto pretendia ser pura ficção. Se virem nele quaisquer semelhanças com realidades, estas deverão ser olhadas como meras coincidências. Não me perguntem porquê. Poderá não fazer sentido para ninguém, mas deu-me um gozo enorme escrevê-lo!

Perdoai-me!

Adenda em 30 de Janeiro:
Já li "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá" e ganhei uma "rosa azul". Afinal parece-me que o texto não será, de todo, desprovido de nexo!

12 comentários:

quintarantino disse...

ó Fá, tu estás zangada com alguém?

Fa menor disse...

Relax, Quint, relax!...

Cátia disse...

Oh querida, cheguei a meio deste post e perdi-me, nao percebi ali um salto que deste... mas era suposto, nao era? ehehe.

Concordo contigo, os blogs são para nos sentirmos bem, para nos dar prazer a escreve-los e dar prazer a le-los um dia mais tarde... Continua, que tão bem o tens feito...

Beijinho grande desta que gosta mt de ti

LadyBird disse...

Continua a escrever.... com gosto... com risos... com lágrimas... com oponentes ou incentivos... mas escreve...

marta disse...

Perdoar o quê? Não há nada a perdoar. Eu gostei do post, foi uma tomada de posição, foi o assumir um mimo a ti mesma, estes espaços são isso, uma forma de nos mimarmos, de nos abstrairmos do dia a dia, que nem sempre nos permite a sinceridade absoluta ou o disparate que conseguimos aqui.
Este espaço ajuda a plantar um sorriso no teu rosto, e daí ajuda a que um outro sorriso surja no meu e no de todos os que aqui vêm. Isso não se chama egoísmo...

Beijo grande Fa!

Tiago R. Cardoso disse...

Nesse caso aguardo por domingo para ver o que acontece...

Fa menor disse...

Espelho meu, espelho meu, haverá alguém com um sorriso tão lindo como o meu?

quintarantino disse...

... hum ... uma senhora tem sempre um sorrios lindo ...

liliana disse...

novidades pa domingo? tou mt curiosa. k se passa nessa sua cabeça?n para mesmo. e ainda bem!

gaivota disse...

perdoai-me...
o quê? porquê?
nem digo mais nada, vou esperar até domingo...
depois falo tudo!
vá, despacha-te
beijinhos

jo ra tone disse...

Domingo...
O que é que vai acontecer?
Também vou esperar para ver.

Fontez disse...

perdoar o que nao precisa de ser perdoado?
humm...
o perdão é sentido e nao procurado...;)

o perdão nasce das cinzas dolorosas mas brilhantes e puras...

bjss e lindissima musica "o verbo..."
thanks linda.
adorei.

obrigado.

q estejas fine.
um abraço com carinho.

boa semana linda.

bjssss

Podes partilhar também aqui as tuas palavras