20090106

O Dia de Reis



Aqui estão os reis à porta
E os pastores pra os cantar
Se os senhores nos dão licença
Nós os vamos começar

Senhores da casa gente nobre
Escutai e ouvireis
Das partes do oriente
São chegados os três reis

Treze dias a cabar
E os santos reis a chegar
À procura do rei Herodes
Para os bem encaminhar

Canção dos Reis
(desconheço o autor)

[Acordes:
Introdução - Sol Re La Re
Estrofes - La Re La Re]

Cantar os Reis - última etapa dos festejos do Natal.

9 comentários:

Paula Raposo disse...

Um dia bonito o de hoje. E neste dia nasceu um dos meus filhos e um dos meus netos. Mais lindo ainda! Beijos para ti.

Fa menor disse...

Olá Paula,
então muitos parabéns para ti e para os teus meninos.
Que a beleza deste dia se repita por muitos anos mais!
Beijos para vós.

Tiago R Cardoso disse...

lembro-me e com saudades quando era miúdo e cantava os Réis... fiquei agora com a lágrima no olho.

Peregrina disse...

Que sejamos como os Reis Magos, que caminham em direcção a Ele, mas também como a Estrela, que indica o caminho a todos os que O querem encontrar!

gaivota disse...

e foi dia de reis, caminharam até jesus, abriram-nos o caminho da fé,
só temos que prosseguir...
seguir a estrela!
beijinhos

Maria João disse...

E o Natal, ou seja o nascimento de Cristo, continua todos os dias...


beijos

xistosa - (josé torres) disse...

Ia deixar um comentário.
Mas ... não é ser céptico.
Sabe-se e está cientificamente provado que se houve algo de sobrenatural, não foi em Dezembro, foi em Junho.
Agora não me recordo do nome papa que foi assassinado por querer modificar a data de 25 de Dezembro, para uma que se acredita ser possível que tenha havido um fenómeno duma estrela, que era um cometa, muito visível, num mês de Junho.
Já se provou que o Sudário só tem entre 600 a 800 anos e alguns cientistas dizem que tem pouco mais de 400.
Por que TODAS as religiões assentam em premissas falsas?

Fa menor disse...

José,

porque se comemora o Natal a 25 de Dezembro:
Ignora-se o dia e a hora do nascimento de Jesus. Só no séc IV se começou a celebrar o Natal em 25 de Dezembro por ser, no império romano, o dia em que se celebrava a solenidade do Sol, o astro-rei. Era o "dies Natalis Solis invicti".
É evidente que se tratou de cristianizar uma festa pagã, em que se apontou para JESUS CRISTO, nascido em Belém, como o "Novo e verdadeiro Sol" que veio iluminar a humanidade.

Relativamente ao Sudário, não sei se é assim como diz...

de qualquer modo não são estas as bases ( datas e afins) em que assenta a religião que professo.

Importante é que "A Palavra de Deus" se fez Homem com uma missão entre os humanos - resgatá-los das "trevas" para a "Luz".
O Acontecimento-base em que assenta é a Sua Morte e Ressurreição.
Mas é claro que isso é aquilo em que eu Creio (os católicos creem)... é uma questão de Fé.

Fa menor disse...

Tiago,
temos sempre as nossa doces memórias...



Peregrina,
sim, não devemos ter medo de seguir a Luz e de a absorver em nós para a retransmitir.
Bjs



Gaivota,
Sigamo-la sem desfalecer!
Bjs



Maria João,
como tudo seria diferente se fizessemos Natal diariamente!
Bjs

Podes partilhar também aqui as tuas palavras