20090402

Da tua varanda




Emprestaste-me os teus olhos
E eu vi.
Os teus olhos encheram os meus
De verde, azul, mar, céu.
A tua casa nova
Teu pequeno mundo
Suaviza o meu
Torna-o mais doce
Mais leve de se levar
Sem ti.
Da tua varanda
Eu vi.
Os teus olhos encheram os meus.
.

26 comentários:

Isabel José António disse...

Querida Amiga Fa menor,

Belo poema, pelo qual lhe dou os meus parabéns.

Os teus olhos nos meus
São promessas cumpridas
Não se cobrem com véus
E são vidas sentidas

Um grande abraço

José António

Isamar disse...

Belo poema, Fa! Há olhos que enchem os nossos e sem os quais é muito difícil viver.

Mil beijinhos

Bem-hajas!


p.s. A fotografia é linda!

Cristina disse...

Lindo poema!!!

E eu até conheço essa varanda ;) é realmente um lugar bonito, que nos refresca a alma...

Espero viver momentos de grande felicidade ali, junto com o meu "mais que tudo" e com todos voces que fazem o nosso mundo mais feliz!

Beijinhos

xistosa - (josé torres) disse...

Se virmos o mundo, pelo olhos dos outros, nunca poderemos ver as belezas que nos circundam ... o mar, o céu, as cores.
Se os olhos são os emprestados "que nos pertencem" (à outra metade que cada um possui), então tudo em redor será grandioso e ver-se-ão essas pequenas coisas do mundo, como uma varanda.
Para nos debruçarmos, sobre o mundo ou sobre os olhos?

rosa dourada/ondina azul disse...

Da tua varanda,
observo o Céu
e a terra!


Belo texto:)

Beijinho,

Paula Raposo disse...

E com os olhos que já encheram os nossos é tão difícil viver!! Belo poema. Gostei muito. Beijos.

Maria João disse...

Como sempre ... muito belo. :)


beijos

Fa menor disse...

Cristina,
minha querida tão linda!
Tenho saudades desse lugar magnífico. E ainda muito mais de vós, meus queridos. Mas é claro que a felicidade vai morar aí, do lado de dentro dessa varanda!

Um milhão de beijinhos

Fa menor disse...

Amigos,

Obrigada a todos pelas vossas palavras que também me enchem os olhos :)

gaivota disse...

que paisagem tão bonitaaaaaaaaa
de encher os olhos, como o teu poema!
beijinhos

Fa menor disse...

Gaivota,
:) Obrigada!

Beijinhos

ADiniz disse...

Boa tarde Fá!

Tenho um poema em tbm falo desta troca sentimentos vividos por dois
lembrados por um.
E como é bom viver este-los, e recorda-los.
Lindo.

Bjs

Açoreano disse...

Olha que ainda vão pensar que a nossa casa nova é aquela velhinha lá ao fundo:p!!

Beijinhos

Canela disse...

Tão bonito... que prefiro, não dizer mais.

Beijinho

Fa menor disse...

Açoreano,
meu querido!
Pois... :) e se fosse?!
Bem sabes que o mais importante numa casa não é tanto que ela seja nova ou velha... mas a harmonia e o amor que lá se constrói e vive dentro...

Muitos beijinhos de saudades

Fa menor disse...

Canela,
Obrigada!
Beijinho

.POTT disse...

Olá!

Lindo poema em fá menor...

Todas as crianças são sonhadoras, mas,crescendo,algumas conservam-se crianças:são os poetas;as outras tornam-se homens:são os taberneiros.
Os poetas continuam a lançar no espaço os papagaios das suas páginas de amor;mas os taberneiros amarram-nos à terra com um fio e observam-nos com o binóculo da moral.

Uma bela melodia em fa menor é o que lhe desejo..
Um beijo
POTT

Mário Margaride disse...

Olá!

Obrigado, pela visita e pelo comentário ao meu universo.

Os olhos, são a jenela da nossa alma.

Através deles, conseguimos o impossível, que só o nossos olhos ver. O AMOR.

Beijinhos e bom fim de semana!

Mário

Ailime disse...

Um poema muito interessante!
Um olhar que através de outro olhar observa o que o rodeia com tanto carinho, só pode estar impregnado de muito amor.
Beijinhos.

Miguel Almeida disse...

Olá Fa,
Um belo olhar de uma varanda especial, o poema é simplesmente lindo.

Obrigado pelas visitas e comentários.

poetaeusou . . . disse...

*
o teu olhar
é a varanda
que visualiza
o feroz mar
e suaviza
de forma branda
o anil céu
celeste azul
brilhando ao léu
no vento sul.
,
ventos suaves, deixo,
,
*

Fa menor disse...

POTT,

Mário,

Ailime,

Miguel,

Poeta,

Obrigada a todos por pousarem os vossos olhares por aqui...

Bjs

liliana disse...

parece, até um lugar encantado...mar, verde, azul, vaquinhas, paz, que mais se pode kerer? que este seja o lugar da harmonia e do amor.

beijinho gd

Fa menor disse...

Liliana,
um lugar encantado e encantador!
Obrigada!
Beijinhos

avlisjota disse...

Olá obrigado plo comentário e também por me encheres os olhos e a alma! Lindos os teus olhos, suaves ao toque, sensiveis ás cores, ao mundo...

Beijos José

Fa menor disse...

Obrigada!...
que gentileza!

Bjs

Podes partilhar também aqui as tuas palavras