20090530

Vê por onde andas!

"Faz muitos, muitos anos, usavam-se no Japão lanternas de papel e bambú, com uma vela no seu interior.
Uma noite, um certo senhor ofereceu uma dessas lanternas a um cego que o tinha ido visitar, para que ele pudesse voltar para casa.
O cego disse-lhe:
- A mim não serve para nada uma lanterna! A luz e a escuridão para mim são a mesma coisa.
- Já sei que tu não precisas de uma lanterna para veres o caminho - respondeu-lhe o outro -. Mas, se não a levares, pode vir alguém para cima de ti. Portanto deves levá-la, para advertires quem vem em sentido contrário.
O cego partiu com a lanterna, mas ainda não se tinha afastado muito da casa do amigo quando alguém lhe deu um encontrão que o atirou para o meio do chão.
- Olha por onde andas! - Exclamou o cego enraivecido -. Por acaso não viste a minha lanterna?
O desconhecido respondeu-lhe:
- Levas a lanterna apagada, irmão!"

(Bruno Ferrero, Histórias para acordar el camino)

Quantas vezes não somos nós esse cego?

Sim, somos esse cego quando não mostramos a Luz do Espírito Santo ao mundo, quando não nos guiamos por essa Luz, quando trazemos a lanterna apagada e deixamos que os outros colidam connosco, atirando-nos ao chão.


Espírito de Deus,
Manda-nos do céu um raio de Vossa Luz.
Vem, ó Pai dos pobres,
Doador das graças,
Luz dos corações.
Vem consolador,
Hóspede da alma,
Doce alívio, vem.
No labor descanso,
Na aflição remanso,
No calor aragem,
Vem, ó Luz Santíssima,
Encher de claridade o coração fiel.
Sem a Vossa luz nada o homem pode,
Nenhum bem há nele.
Lava o que é impuro,
Rega o que está seco,
O que é doente, cura.
Dobra o que enrijece,
O que está frio aquece,
Reconduz o errante.
Aos fiéis concede,
Toda Igreja pede,
Os teus sete dons.
Concede o prémio do bem,
A boa morte do justo,
A eterna alegria.
Amén! Aleluia!

(Sequência do Pentecostes)

20 comentários:

preto [e] branco disse...

Querida Amiga,

A história do cego não tem explicação, é beleza.

Quantas vezes somos cegos...

A Sequência do Pentecostes...
Li e...soube-me bem.
Amén

bj...nho

gaivota disse...

é sempre um consolo ler e aprender ou relembrar palavras que já quase estão desconhecidas...
boa semana, fá
beijinhos

Vieira Calado disse...

Histórias antigas com substrato.

Cumprimentos meus.

tulipa disse...

Venho por este meio dar a conhecer um projecto da Escola 2/3 Prof. António Pereira Coutinho onde, felizmente, as pessoas (ainda) se "demoram" a SER.
Pois é, com o intuito de ajudar o serviço de pediatria do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, a professora de Música - Ana Rita Abraão - resolveu desafiar "em tempo de crise" tudo e todos, para esta causa investindo na formação de valores éticos e solidários dos nossos filhos...
Este grupo liderado por uma pessoa excepcional, integra cerca de uma centena de alunos de 5.º e 6.º ( com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos), está a ensaiar (noite e dia, sábados e domingos, férias e feriados) para levar à cena o musical:
Cats (com letras no nosso português, numa tradução e adaptação fantástica). Assim sendo, estão desde já todos convidados para dia 21 de Junho - Casino do Estoril - Salão Preto e Prata - 15 e/ou 18.30h. assistirem a este espectáculo com fins muito solidários.
Os bilhetes têm o preço simbólico de:
adultos (a partir dos 14 anos) - 5 Euros;
Crianças - 3 euros, até 3 anos - grátis
As verbas recolhidas com a bilheteira, a venda de rifas e os patrocínios das empresas revertem INTEGRALMENTE, para o IPO.
Aliás os pequenos utentes desta instituição bem como a equipa médica assistirão ao espectáculo, Um grupo de pais comprometeu-se com os pequenos/grandes artistas actores, bailarinos e cantores, a conseguir outros apoios que permitam montar este espectáculo, até porque, como compreenderão, a escola não dispõe de qualquer verba para custear o evento.
É nesse sentido que conto com o vosso apoio incondicional!
Colaboram com esta causa:
O Casino do Estoril ofereceu Salão Preto e Prata para acolher as duas sessões do espectáculo;
A Empresa Municipal de Ambiente de Cascais (EMAC) que assegurou a montagem do cenário;
Alguns pais que, de uma ou outra forma, já asseguraram alimentação para os actores, um ecrã gigante, a impressão de bilhetes e cartazes, técnicos de som de palco…
Mas ainda assim as despesas são muitas…e há ainda necessidade de tentar aumentar a verba que, de forma "especial" se quer entregar nesse dia às crianças vítimas de cancro...
Peço-vos que ousem abraçar esta causa de uma das muitas formas possíveis de o fazer:
- simplesmente reencaminhando este meu e-mail para alguns dos vossos contactos;
- simplesmente disponibilizando o dia 21 de Junho de 2009 para assistirem a um dos 2 espectáculos (15h ou 18h30) em causa;
- oferecendo um bem ou serviço para que possa ser sorteado;
- simplesmente aceitando patrocinar este evento, oferecendo donativos, patrocínios ou quiçá até alguma outra ajuda técnica para que o evento decorra de forma cada vez mais solidária e profissional (gravação de imagens em vídeo para subsequente venda de DVD; CD, reportagem fotográfica; brindes com gravação de foto do grupo de actores/cantores/dançarinos; hipótese de divulgação em revistas, jornais, televisões, etc...)
É preciso conhecerem empresas com seres humanos cheios de um verbo, cada vez mais, em vias de extinção" "DAR"!

Beijinhos.

Laura disse...

Olá, tão bonito, nem conhecia esta oraçãozinha linda...
O cego aproveitou logo para refilar, nem humildade tinha, enfim, há muito disso por cá...
Beijinhos nina, muitos, e desculpa, apareço pouco,e squeço-me é o que é, eu bemt e disse que fui refrescar as ideia sna fonte, tinha de ser, ando muito recolhida na mioleira, enfim, é a vidinha quw temos, a filha não está (em Paris em trabalho mas só faltam mais dois dias e vem) o rapaz só vem de vez em quando, o manel é como se fosse meu hóspede, ehhh o shakita dá muito miminho, e quer e volta, e é assim...beijinhos.

Nilson Barcelli disse...

É bem verdade, quantas vezes somos omissos na vida e, por isso, ninguém dá por nós...

Um beijo querida amiga.

Belisa disse...

Olá

Uma história com muita verdade e veracidade.

Beijinhos estrelados

Canela disse...

Um linda história para reflectirmos.

Beijinho

Nadir Maria disse...

Quantos andam com a lanterna apagada e mesmo não sendo cegos, pensam que vêem o mundo.
Esses é que são perigosos, não são cegos, mas não vêem o que os rodeia e atrapalham quem leva a lanterna acesa e vê bem o caminho.
Uma boa semana.

xistosa - (josé torres) disse...

Caríssima Fa Menor

Não sei o que se passou, mas o Blogger, arranjou-me um heterónimo ou pseudónimo, Nadir Maria.
Como me servi do computador da minha mulher, algo falhou.
Como não percebo nada disto, não me preocupo com o que efectivamente sucedeu.
Não há Nadir Maria, mas sim, o josé torres.
Obrigada.

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

Ailime disse...

Amiga,
Excelente reflexão!
Que o Espírito Santo, fio condutor entre Deus e os homens, nos ilumine e nos ajude a pôr em prática os ensinamentos de Jesus.
Um beijinho.

Maria Carmo disse...

Querida Amiga,

Gostei muito e achei profundo este seu post... Tantas vezes somos como esse cego... com a Lanterna do Espírito apagada!

Muito obrigada por ter passado, já há bastante tempo, no meu blogue. Tive que fazer uma pausa (por falta de tempo da minha Filha, que me ajuda a blogar) - mas cá estou de novo e sempre a enviar um abraço a todos os meus Amigos!

Hoje já deixei um novo Post.

Vemo-nos por lá?

Maria Carmo

JAC disse...

é sempre um encanto passar por aqui.

há aqui um força....

deve ser do Espírito!

obrigado.

Dinarte Gois disse...

Grande partilha!

Tenho a sensação que, diante uma vida tão atarefada, esquecemo-nos do essencial! Esquecemo-nos de Deus e do seu Espírito.

É preciso saber iluminar os outros Irmãos..

Bom fim-de-semana :)

malu disse...

Eu vim devagarinho (atrasada) mas cá estou para te deixar um bjinho.

Não conhecia a história que é linda :)

Sparking mind disse...

Querida, hoje venho apenas informar que tens um 'miminho' no meu blog. É favor de visitar =)

Um beijo *

[e reparo agora que escolhemos a mesma frase para a nossa caixa de comentários! =) Tão giro, isto! =) ]

Maria João disse...

Sem palavras ... Já disseste tudo!

Obrigada por este momento.

beijos

Ovinho Estrela(do) disse...

Fá! :)))

Que saudades!
Perdi-me de ti, trouxe-me aqui a nossa Cátia, de novo!

E deparo-me com a leitura que precisava ter como mesinha-de-cabeceira por hoje...

É que ando cega... Mas também desatenta... E a dar alguns encontrões...

Depois falamos.

Como estás?:)

Saudades...

Fa menor disse...

Meus queridos amigos,
agradeço muito as vossas palavras, sempre um estímulo para mim.

Peço-vos desculpa pela falta de atenção que vos tenho dedicado...
mas o tempo e o ânimo para isso não têm abundado cá por este lado...

Muitos beijinhos