terça-feira, 29 de setembro de 2009

Silêncio

"Um homem dirigiu-se a um convento de clausura, isto é, um convento onde se vive longe do ruído da cidade e num silêncio desejado. Perguntou a um desses monges:
- Que aprendeis vós com a vossa vida de silêncio?
O monge estava a tirar água do poço. Disse ao seu visitante:
- Olha para o fundo do poço. Que vês lá dentro?
O homem olhou para dentro e disse:
- Não vejo nada.
O monge ficou algum tempo sem se mover e no final disse ao visitante:
- Contempla agora. Que vês no fundo do poço?
O homem obedeceu e respondeu:
- Agora vejo-me a mim próprio: espelho-me na água.
O monge concluiu:
- Vês? Quando eu mergulho o balde, a água fica agitada. Agora, pelo contrário, está tranquila. É esta a experiência do silêncio: o homem vê-se a si próprio."
(Frei Róger Brunorio - OFM)


14 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Gostei do texto.
É em silêncio que se percebe e aprende muitas coisas.
Querida amiga, um beijo.

Dulce disse...

E em silêncio li e meditei neste texto. Em silêncio, não vá toldar a água, vou tentar ver-me a mim própria. Espero gostar do que vejo...cá no fundo.
Obrigado pela partilha. Um beijo do coração.

Mário Margaride disse...

Belo texto! Tem toda a razão o monge. Era bom que todos nós vissemos, o espelho de nós próprios. Muitos de nós, ficariamos horrorizados com o seu reflexo.

Beijinhos e boa semana

Mário

teresa disse...

agora até fiquei sem palavras , com tamanha profundidade e sabedoria destas palavras ,,
bem visto , ás vezes á tanta agitação a nossa volta que a água
tolda , e nem conseguimos ver o nosso própio reflexo ..
tentemos parar um pouco no nosso dia a dia e olhar nem que seja só uns minutos para o nosso eu ,,,,,

adoreiiiii

beijinhos minha querida amiga

Canela disse...

Penso que já tinha experenciado isto... mas sem saber como?

Beijinhos

. Intemporal . Paulo . disse...

. assertivo, sublime e bel.íssimo .

,,,

. no decalque de nós , .

. um beijo Fá .

pico minha ilha disse...

Este silêncio nos asola de vez em quando, mas é bom refectir e ver para dentro de nós.Um abraço aqui do Pico

Å®t Øf £övë disse...

Fá,
O problema são aquelas pessoas que convivem mal consigo próprias, porque quando isso acontece também não conseguem conviver com mais ninguém.
Bjs.

gaivota disse...

e quanta verdade!!!
e essa "água" não é igual a outras mais salgadas...
saudades!
beijinhos

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Desejo-te um excelente fim de semana, com tudo de bom.

Beijinhos!

Mário

Daniel disse...

Também gostei, é um lição.
Beijo

Reninha disse...

Você recebeu o Selo "Este blog é show" com todo carinho do blog O Senhor cuida de nós!
Para recebê-lo é só acessar a postagem "Obrigado Eliane" em http://osenhorcuidadenos.blogspot.com/2009/10/obrigado-eliane.html e seguir as regras!
Beijins!

avlisjota disse...

O silêncio é sábio
saber ouvir é sapiência

Beijos

José

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Amei o texto1 Parabéns pelo seu blog!

Eu tb tenho um blog, o Novo jeito de ser: revolucionário em Jesus, onde partilho sobre diversos temas que giram em torno da espiritualidade jovem. Acho que é a sua cara! O endereço é [http://thai.nascimento.zip.net] Um grande abraço! Continue evangelizando!