20100214

Contradições

No Sermão da Montanha (Mt 5, 3-12) Jesus ensina-nos as Bem-aventuranças:

* Bem aventurados (felizes) os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus.
* Bem aventurados os que choram, porque serão consolados.
* Bem aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
* Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
* Bem aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
* Bem aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.
* Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.
* Bem aventurados os que sofrem perseguição por amor da justiça, porque deles é o Reino dos Céus.
* Bem aventurados sereis, quando vos insultarem, vos perseguirem, e disserem, falsamente, toda a espécie de mal contra vós por causa de mim.

Alegrai-vos e exultai porque será grande no Céu a vossa recompensa.

A sociedade ocidental deste princípio de século XXI também nos ensina bem-aventuranças:

» Felizes os que promovem a guerra e a discórdia, porque fazem fortuna com a desgraça alheia.
» Felizes os que insultam, caluniam e sobre o nome dos outros lançam lama, porque jamais serão responsabilizados.
» Felizes os ricos, porque nada lhes falta.
» Felizes os que roubam, fogem aos impostos e não declaram os seus rendimentos, porque jamais serão punidos.
» Felizes os maldosos e os mentirosos, porque semeiam a confusão e escapam sempre.
» Felizes os que comem e bebem em excesso, porque aproveitam a vida.
» Felizes os que perseguem e maltratam, porque são donos e senhores do mundo.
» Felizes os que exploram, porque alcançam os seus objectivos.
» Felizes os agressivos e os brigões, porque a eles ninguém incomoda.
» Felizes os que possuem um título académico, porque todos os respeitam.
» Felizes os que são importantes e famosos, porque todos os admiram.
» Felizes os que matam, porque sabem defender-se.
» Felizes os que seguem todos estes preceitos de modo exemplar, porque revelam um profundo desrespeito pela vida.


No Evangelho de hoje (Lc 6,17.20-26) Jesus continua:

- Ai de vós, que agora estais saciados, porque haveis de ter fome.
- Ai de vós, que rides agora, porque haveis de entristecer-vos e chorar.
- Ai de vós, quando todos os homens vos elogiarem.

8 comentários:

gaivota disse...

minha queridaaaaaaaaaaaaa
excelente este ocidente cheio de gente assim, feliz!!!
beijinhos

Nova Civilização disse...

a sabedoria divina para os homens é loucura. Muitas vezes precisamos percorrer, caminhar para entender. Saber discernir o que realmente Deus espera de nós. E quando encontramos começamos a entender as razões do mundo!

obrigada pela partilha,
beijinhos,


Gisele

Ailime disse...

Olá Fá!
Pois Jesus tinha uma maneira muito interessante de nos ensinar!
"Quem tiver ouvidos que oiça" disse um dia!
A Sua Palavra só é visível pelos que n'Ele crêem e tem um coração repleto de amor!
Podem ser ricos ou pobres. É preciso é que naquilo que façamos sejamos fidedignos à Sua imagem e semelhança (esta apreciação ouvi-a ontem na homilia na Igreja da minha Paróquia e achei-a muito adequada).
Ainda me falta tanto caminho....
Uma bela reflexão.
Um beijinho com amizade.

Nilson Barcelli disse...

Há bem-aventuranças com as quais discordo. E nem seriam necessárias as do século XXI para se encontrarem contradições.
Querida amiga, bom Carnaval.
Beijos.

Maria Lúcia disse...

Querida Fa,
Que possamos seguir os ensinamentos de nosso Mestre, Jesus, no contexto de nosso tempo.
PAZ!
Beijos.

teresa disse...

ahhhhh fez-me tão bem vir aqui ..
vou cheia ..
boa semana ...

beijinhos ..

Å®t Øf £övë disse...

Fá,
Na realidade vivemos tempos em que os valores estão completamente invertidos. Mas há que manter a esperança, em como no final quem ri por último ri melhor.
Bjs.

Lilá(s) disse...

Obrigada por esta partilha fez-me bem esta leitura...
Bjs