20100928

Passo a Passo...

Não imaginas o poder,
Que te deixaram na palma da mão...


Passo a passo, grão a grão
Completamos esta construção,
Não imaginas o poder,
Que te deixaram na palma da mão.

Recolhe a âncora, faz-te ao mar
Rumo ao norte tu vais navegar,
Porque há alguém que acredita
Que tu tens força p'ra remar.


Tens uma vida a construir,
Um Novo Reino vai surgir!
Se anseias um mundo melhor,
Jesus é o teu construtor!

Vamos todos ajudar
Para a missão continuar.
Seguiremos teus passos Senhor
Com a Tua força e o Teu amor!

Tens um rumo a traçar,
E um sonho a realizar,
Tu não podes nunca desistir,
Pois contigo Ele quer ir.

Cântico da Fraternidade Verbum Dei


 
 

8 comentários:

Alfa & Ômega disse...

Coisa linda este poema! Parabéns! Amei!
Abraços da Maria Luiza. Faça-me uma visitinha: www.sentidomaior.blogspot.com

gaivota disse...

que destino, fa? tanto caminho a percorrer...
isto por aqui anda mmal...
beijinhos

Pena disse...

Bela, a crença Nele.
Admirável Post feito pelo seu carinho e ternura.
Adorei.
Abraço amigo de respeito imenso pelo seu talento sublime.
Sempre a admirar o que "confecciona" com beleza e maravilha na doce Palavra Dele.

pena

Nova Civilização disse...

Muito lindo....

obrigada por postar,

beijinho

Gisele

teresa disse...

lindoooooooooo , brigada pela partilha ..

beijos ..

DE MÃOS DADAS disse...

Fa
Venho aqui deixar um grande abraço fraterno e, como anseio um mundo melhor e sei que Jesus é o seu construtor venho aqui para levar uma pedra viva.
Beijinhos e que Jesus te faça pedra viva da Sua construção.
Utilia

poetaeusou . . . disse...

*
Peregrino, aonde vais,
se não sabes por onde ir?
Peregrino, tens um caminho pr'a descobrir.
Se o deserto do teu viver
dificulta a decisão,
quem te guia e t'encoraja na solidão?
É SÓ ELE O MEU DEUS
QUE ME DÁ FORÇA E LUZ.
É SÓ ELE O MEU DEUS
QUE ME CONDUZ.
Peregrino, que vais andando
sem um rumo no caminhar;
Peregrino, que estás cansado
de tanto andar;
Tu que sofres a dura sede,
quando é que descansarás?
Volta amigo e vem de novo encontrar a paz.
Peregrino, sem um porquê;
peregrino, vivendo a dor;
Peregrino, o teu caminho não tem valor.
Qu'encontraste na solidão
qu'ilumina o teu caminhar?
Peregrino, quem t'acompanha e te faz amar?
,
in-Verbum Dei,
,
conchinhas,
,
*

xistosa - (josé torres) disse...

Devido aos cortes que o governo impôs, fiquei sem palavras.
Só posso desejar um bom domingo.

Podes partilhar também aqui as tuas palavras