20110125

30 Anos

Domingo. Faz hoje 30 anos era Domingo.
Naquele tempo o tempo não corria, andava a passo lento. A manhã despiu-se muito lentamente do sono nocturno, espreguiçando-se no som luminoso do dia. Sem pressas, inspirei os primeiros raios da manhã e deixei-me ficar a saborear os últimos minutos do meu ninho de criança. Uma vida nova iria, dali a poucas horas, começar para mim, mas eu nem sequer pensava muito a sério nisso. Achava que era tudo tão natural como comer, dormir e respirar. Era o rumo normal da vida.
Levantei-me, então, quando me apeteceu, quando já todos trabucavam em casa, serena, fresca. Não houvera despedida de solteira (o que era isso?) tal como não haveria lua-de-mel (pelo menos nada programado). E o dia, apesar de ser Inverno, não estava frio (nem podia estar).

Naquele tempo era tudo tão lento, tão lento, que 10 meses de namoro mais me pareciam 10 anos.
Depois, o tempo começou a correr. Tão depressa, que hoje 30 anos de casamento mais me parecem 30 meses.
Parece que ainda foi há poucos dias que escrevi uma Carta Ridícula;
ou que há poucos meses evoquei este dia 25.01.1981;
ou que, enfim, há tão pouco tempo que contei aqui The Secret.

Meu Deus, como o tempo voa agora a uma velocidade vertiginosa...
.

19 comentários:

malu disse...

Muito bonito o teu texto, Muito bonita a data e uma vez mais, cá estou a dar parabens, com votos de muitos mais e mais devagar eheh
Este é um Post mais ;)

Bjs, saúde, amor, amor e amor e já disse amor? e as orquídeas!
P a r a b e n s!

gaivota disse...

parabéns, linda! e muitos mais anos de felicidade é o que vos desejo
beijinhos

teresa disse...

muitos parabéns amiga linda ,,, que venham muitos mais ainda ,,, com muito amor , e muita saúde ..
muitas felicidades para o casal ..

jinhos ..

retrato disse...

Pode parecer-te inacreditável, mas é verdade!

Não me lembro, de alguma vez, ter lido uma carta como a que acabei de ler.
Tem a cor da ternura e do amor, tão viva, e dedicadamente expressiva.

Este teu post, onde o tempo é curto, é longo demais, continua com a leitura do poema... e que dizer?
Tem a cor da ternura e do amor, tão vivo, e dedicadamente expressivo.

Parabéns

Felipa disse...

Muitos parabéns pelo aniversário, que muitos mais se repitam e cada vez mais felizes.
Beijinhos

Fa menor disse...

Obrigada a cada um de vós! :)
Beijinhos

Elsa Sequeira disse...

Muitos parabéns (atrasados, mas de coraçãoooooo!!!??

Tudo de muito bom para vós!


bjtsssssssssss

Ailime disse...

Ó Amiga Fá,
Muitos Parabéns por estes trinta anos.
Como diz e bem o tempo voa vertiginosamente e parece que foi ontem que tudo aconteceu.
Eram tempos lindos, serenos, sem grandes confusões.
Grandes momentos.
Que muitos se sucedem com muita alegria e saúde.
Muitas Felicidades.
Beijinhos da
Ailime

Fa menor disse...

Amigas Elsa
e Ailime,

obrigada! :)

Beijinhos

Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga:
"...Domingo. Faz hoje 30 anos era Domingo.
Naquele tempo o tempo não corria, andava a passo lento. A manhã despiu-se muito lentamente do sono nocturno, espreguiçando-se no som luminoso do dia. Sem pressas, inspirei os primeiros raios da manhã e deixei-me ficar a saborear os últimos minutos do meu ninho de criança. Uma nova vida iria começar para mim, mas eu nem sequer pensava muito a sério nisso..."

"Isto" é de uma beleza imensa.
Parabéns pelos trinta anos. Para o seu marido também.
Abraço amigo à forma deliciosa do seu ser se sentir. São perfeitos.
Abraço de parabéns e de respeito.
Sempre a admirar o que "constrói".

pena

Bem-Haja, pela visita.
Para os dois a felicidade eterna sempre juntos.
Adorei.
Lindos.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Os meus parabéns atrasados !
Deus queira que possas festejar mais 30 anos com o teu amor.
Hoje em dia, é tão raro ver casamentos que duram. Eu já vou para os meus 37 anos de casamento com o meu primeiro grande amor.
Muitos beijinhos para ambos.
Verdinha

Fa menor disse...

Obrigada amigos Pena e Verdinha!
:)

Bjos

Vanuza Pantaleão disse...

A qualidade do tempo é o que fazemos com ele, amiga.
Soubeste torná-lo amigo e bom.
Um beijo!!!

xistosa - (josé torres) disse...

Atrasados, mas são sempre parabéns.
Costumo dizer que a medicina está cada vez mais avançada, mas os "antigos" são mais resistentes.
É isso.
30 anos?
Quantos casamentos duram agora 3 (três)anos?
Não vou aqui desejar mais 30.
Um de cada vez.
É o que digo à minha companheira de infortúnio (por ter um marido assim), há 37 anos.

Um bom Domingo.

Fa menor disse...

Vanuza e José Torres,
Obrigada!
:)

uminuto disse...

parabéns...atrasados, mas cheios de sentimento.
e o tempo voa, porque há em nós uma vontade de apanhar o futuro, antes que ele nos fuja
um beijo

Fa menor disse...

Uminuto,
obrigada! :)

silvino disse...

e venham mais 30 ;)

citando esse mesmo poeta nessa mesma melodia..
«a bucha é dura,
mais dura é a razão que a sustém»

parabéns :D

Fa menor disse...

Obrigada, Silvino :D

Bjinhos