segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Pedras e pontes





Valerá a pena construir pontes para ultrapassar pedras?

As pedras no nosso caminho fazem-se sempre presença.

Tantas vezes dou comigo a partir pedra, a ser e fazer pontes para passar sobre obstáculos. Em tempo de “Natal dos simples”, “já me cansa esta lonjura”. Será que valerá a pena facilitar sempre o caminho a outros? A todos os outros? Será que cada um não deverá rasgar os seus próprios pés nas pedras que encontra no seu caminho e que, muitas das vezes, ainda faz rolar para o caminho dos outros?

Por vezes a ponte é uma ilusão, para lá dela não existe margem… existe sempre o outro lado, mas às vezes é um abismo. E ficamos, na melhor das hipóteses, ali… suspensos…

Mas:
“Só se lembra dos caminhos velhos
Quem anda à noite à ventura”.

Depois de ultrapassadas as pedras, pode ser que os passos fiquem mais firmes.

17 comentários:

Lilá(s) disse...

Passamos avida a pensar nos outros,facilitando-lhes a vida, pena é quando os outros não pensam em nós...mas pelo menos dormimos com a consciencia tranquila.
Bjs

Utilia Ferrão disse...

"Será que cada um não deverá rasgar os seus próprios pés nas pedras que encontra no seu caminho e que, muitas das vezes, ainda faz rolar para o caminho dos outros"
Isto que falas é demasiado complicado minha amiga.
Pedras, pontes, pés rasgados e pedras que rolam dos nossos caminhos para os dos outros...
Realmente as pontes que acabamos por construir são mesmo um desperdício e sobretudo por cima das pedras... mas pensando melhor pode até conseguir-se através dessas pontes ver-se uma paisagem mais ampla, coisa que nos vales tenebrosos isso acaba por não acontecer.Agora as pedras que rolam para o caminho dos outros aí temos que ter cuidado, mas em todos os caminhos há pedras vindas de outros caminhos ou até porque a morfologia do solo é mesmo pedregosa, mas são caminhos.Gostei muito de reflectir nas "PONTES PEDRAS E PÉS"
Obrigada e uma boa semana
Utilia Ferrão

retrato... disse...

Fa,
Amiga

não são as pedras que "rasgam" os nossos pés mas sim, o peso das nossas mágoas, dos nossos desencontros, que rebentam sobre elas.

bj...nho

Vanuza Pantaleão disse...

As pedras que afastarmos dos caminhos dos nossos semelhantes poderão, um dia, também nos esmagar. Acho melhor tirá-las sem fazermos nenhum questionamento, e como diz a nossa amiga Lilá, só assim poderemos dormir tranquilos.
Gostei! Bjsss

Rafeiro Perfumado disse...

A maior ironia é construir as pontes com as pedras! ;)

Álvaro Lins disse...

Para lá da reflexão do texto, obrigado por recordares o Natal dos Simples do Zeca:)!
Bjo

gota de vidro disse...

Por vezes pontapeamos a pedra já partida, mas muitas vezes vale a pena, pois talvez alivie o caminho.....


Bom fim de semana

Bjtos da Gota

tecas disse...

Assim é, minha querida! Por vezes atravessamos a ponte e só encontramos o abismo...porém, não fossem as pedras... Lindo o seu texto.Muito bom para refletirmos. Beijinho amigo e uma flor.

. intemporal . disse...

.

.

. "...guardarei todas. um dia, vou construir um castelo" .

.

. um bom fim de semana .

.

. beijo meu .

.

.

GarçaReal disse...

Por vezes as pontes são tão longas que para atravessá-las é muito doloroso....No entanto por vezes vale a pena!

Bjgrande do Lago

Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga:
Um texto profundo. Verídico e sensato. Significativo.
Tudo na companhia Dele.
Beijinhos amigos de respeito pela sua amabilidade enorme e sicera.
Sempre a admirá-la.
MUITO OBRIGADO pela terna visita.

pena

Bem-Haja, pela amizade.
Adorei.

teresa disse...

gostei de te ler ,, e gostei de pensar em fazer as pontes com as pedras do caminho ..

beijo ..

Nilson Barcelli disse...

Facilitar a vida aos outros é uma obrigação de todos.
Mas os outros, por vezes, ficam preguiçosos...
Beijo, querida amiga.

Ailime disse...

Olá amiga Fá,
Como sempre um excelente texto.
Os caminhos são muito difíceis, as pedras são muitas, mas sim, penso que vale a pena construir pontes nem que seja para um reencontro.
Beijinhos.
Bom domingo.
Ailime

Filha de Maria disse...

"Depois de ultrapassadas as pedras, pode ser que os passos fiquem mais firmes."

Creio que sim, que é verdade... depois de um treino, os nossos musculos vão-se fortalecendo... assim sendo, acredito nisto!

Se vale a pena? Só saberemos muito mais lá à frente...

Beijinho fraterno.

Mari disse...

Amiga, senti sua falta e de todos os amigos..
Acredito que já esteja saindo da "guerra" e podendo voltar ao que sou.....
Lembrei muito das suas palavras de 2008.

"Certas memórias menos boas...." Frisei para não esquecer novamente.

Te amo, mari.

Pjsoueu disse...

Fa,

...é sempre um prazer vistá-la. Sim as pontes são feitas para ultrapassar as pedas e a falta delas.) Vamos construir pontes de amizade:)

Bj

Pj