domingo, 21 de dezembro de 2014

Essência do Natal


«No Natal o Amor desceu;
Amor divino, Amor sem igual; 
No Natal o Amor nasceu, 
As estrelas e os anjos deram sinal.» 
(Christina Georgina Rossetti)




Para todos, os meus votos de um Natal pleno de Amor - o Natal essencial!


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Senhora do Advento




"Avé Maria, Senhora do Advento.
A misericórdia de Deus resplende em ti.
Bendita és tu entre as mulheres.
No teu seio amadurece a manhã.
Ó Mãe propícia leve, magnífica e atenta aos amplos pátios da nossa solidão.
És aquela que melhor apascenta a turbulenta forma da nossa sede.
Roga por nós que atravessamos o mundo agora, roga por nós que atravessamos esta hora."
(Pe. José Tolentino Mendonça)

domingo, 23 de novembro de 2014

O Senhor é Rei


O Senhor é Rei, o Senhor é meu Pastor e Rei

O Senhor está no céu, o Senhor está no mar
Na extensão do infinito

Está no céu, está no mar
Na extensão do infinito

Quando eu vacilar
Eu não temerei
Pois o Senhor está comigo

  O Senhor é Rei - acordes

 

domingo, 2 de novembro de 2014

Pelas Alminhas


(Foto tirada em Vilar da Veiga - Gerês)

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Caminhos...

«Todos nós já sentimos que não pertencemos a lado nenhum! Todos nós estamos por vezes perdidos e não conseguimos encontrar o caminho de volta, aquele caminho único e perfeito que nos conduz a uma paz interior que nos harmoniza e apazigua. Existem pessoas que se buscam mais incessantemente do que outras, trilham caminhos de certezas, constroem castelos de pedra sólida e chegam a mudar-se para lá, vivendo felizes e realizados nas suas torres e quartos luxuosos Existem também pessoas, que pelas mais variadas razões, apreciam incessantemente a beleza do seu caminho, acabando por não seguir o mapa que lhes foi entregue na excursão, preferindo em vez disso caminhar por aquela estrada de terra batida, mesmo que sofram de alergias ao pó ou tenham pés frágeis e calçado obsoleto. 'Estou Perdido' fala sobre esses caminhos, muitas vezes escondidos e evitados por não apresentarem comodidades, mas que existem por si mesmos e são por isso belos e eternos.»
"estou perdido não sei o caminho
e agora como vou voltar
ando tão esquecido
o mapa é tão comprido
não me consigo orientar

há quem nasça com outra atitude
pois para mim isto é natural
eu entendo seguir o meu rumo certinho
mas tudo me parece banal

estou perdido não sei o caminho
e agora como vou voltar
prometi a tanta gente que lá está
e não tenho tempo de avisar

estou perdido não sei o caminho
e agora como vou voltar
prometi a tanta gente que lá está
e não tenho tempo, vou falhar

às vezes tenho a sensação
de não ter mais nada para dizer
e se por um instante eu tiver razão
a verdade ninguém vai saber

porque vivo na minha esfera
e só assim consigo viver
faço malabarismos para me encontrar
mas no fundo quero-me perder

estou perdido não sei o caminho
mas agora não quero voltar
vou continuar o sonho neste sitio estranho
sem ter pressa de acordar

estou perdido não sei o caminho
mas agora não quero voltar
tenho luz à minha frente e
toda essa gente
que espera por mim pode aguardar

tenho luz à minha frente
e toda essa gente
que espera por mim pode aguardar

tenho luz à minha frente
e toda essa gente
que espera por mim pode aguardar"

domingo, 7 de setembro de 2014

Amar - o pleno cumprimento da Lei de Deus

[Ágape: o amor-caridade]

23º Domingo do Tempo Comum - Ano A
II Leitura

"Irmãos:
Não devais a ninguém coisa alguma,
a não ser o amor de uns para com os outros,
pois, quem ama o próximo, cumpre a lei.
De facto, os mandamentos que dizem:
«Não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não cobiçarás»,
e todos os outros mandamentos, resumem-se nestas palavras:
«Amarás ao próximo como a ti mesmo».
A caridade não faz mal ao próximo.
A caridade é o pleno cumprimento da lei."
(Rom. 13,8-10) 


Mais palavras para quê?...

No entanto, conseguiremos nós amar (sempre) com esse amor?!

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Negócios e Açordas

O NEGÓCIO DO ACORDO ORTOGRÁFICO

"O projecto, nascido da cabeça do intelectual esquerdista brasileiro Antônio Houaiss, foi desde o inicio um empreendimento com fins lucrativos, apoiado por uma poderosa máquina política e comercial com ramificações em Portugal. 

O português mais distraído talvez pense que um colégio de sábios bons e eminentes terá decidido um dia, após longos anos de estudo e investigação, proceder à reforma do sistema ortográfico da Língua Portuguesa - e que os governos dos países lusófonos, tendo-se debruçado sobre o assunto com o auxilio ponderado de gramáticos e lexicógrafos, terão conscienciosamente aprovado essa tão bem preparada reforma. Mas o português distraído estaria redondamente enganado. 

Já se sabia que o acordo ortográfico foi preparado em cima do joelho, longe do debate público e do escrutínio do povo, dos mestres da Língua e dos especialistas da Gramática. Mas só agora começa a conhecer-se, em detalhe, todo o processo" (Clique para ler o artigo completo)


quarta-feira, 21 de maio de 2014

Silenciosamente


Quando as palavras nos falham, quantas vezes é no silêncio que falamos!

É no silêncio que acolhemos o Mistério, que Ele nasce vida em nós.

É no silêncio que a caminhada se faz encontro. Tantas vezes oração.

Como sabe bem ouvir essa voz!

É por isso que eu, às vezes, sou muito ciosa  do meu silêncio.



sexta-feira, 18 de abril de 2014

A Páscoa - Passagem da Morte à Vida


"Revestiram-n’O com um manto de púrpura e puseram-Lhe na cabeça uma coroa de espinhos que haviam tecido." (Mc. 15, 17)

(...) "Em seguida levaram-n’O dali para O crucificarem." (Mc. 15, 20)


Mas sabemos que a Vida não ficou calada
Não pode ficar calada
e
ao terceiro dia
Ressurgiu!





quarta-feira, 5 de março de 2014

40 no Tempo


40 são:

* Os dias de chuva durante o Dilúvio: Gn 7,4.12.17.
* Os dias, no Dilúvio, decorridos desde que emergiram os cumes das montanhas até ao envio do corvo: Gn 8,6-7.
* Os dias de permanência de Moisés no cimo do monte Sinai para receber a Lei: Ex 24,18; 34,28; Dt 9,9.18.
* Os dias da exploração da Terra Prometida pelos espiões enviados por Moisés: Nm 13,25.
* Os dias de oração de Moisés em favor de Israel: Dt 9,25.
* Os anos de duração da viagem do povo de Israel pelo deserto, desde o Egipto para a Terra Prometida: Ex 16,35; Nm 14,33; Dt 8,2-4; 29,4-5; Js 5,6; Sl 95,10; Am 2,10.
* Os anos de paz que Israel goza no período dos Juízes: Jz 3,11.
* Os anos de servidão no período dos Juízes: Jz 13,1.
* Os dias do desafio de Golias: 1 Sm 17,16.
* Os anos de duração dos reinados de Saul, de David e de Salomão: 2 Sm 5,4; 1 Rs 11,42; Act 13,21.
* Os dias da viagem de Elias ao monte Horeb: 1 Rs 19,8.
* Os dias de Ezequiel deitado sobre o lado direito: Ez 4,6.
* Os anos de desolação do Egipto: Ez 29,11-13.
* Os dias de penitência dos cidadãos de Nínive para obter o perdão de Deus: Jn 3,4.
* Os dias em que depois do nascimento, Jesus foi levado por Maria e José ao Templo para ser apresentado ao Senhor: Lc 2, 22 (cf. Lv 12.1-8).
* Os dias de permanência de Cristo no deserto, antes da vida pública: Mt 4,2; Mc 1,12; Lc 4,2.
* Os dias de aparições de Jesus depois da Ressurreição: Act 1,3.

40 é um múltiplo de 4, indica perfeição.

40 dias é o que significa o termo Quaresma, que vem directamente do latim.


O Papa Bento XVI, sobre o significado litúrgico dos "40 dias da Quaresma", definiu: 
"Trata-se de um número que exprime o tempo da expectativa, da purificação, do regresso ao Senhor e da consciência de que Deus é fiel às suas promessas."

...

«Há um tempo para escolher as sementes, mas há também um tempo para gozar do medrar das searas. Há um tempo para a criação, mas há também um tempo para a criatura. Há um tempo para a faísca rubra, que rompe os diques nos céus, mas há também um tempo para as cisternas em que as águas derramadas se vão reunir. Há um tempo para a conquista, mas há o tempo da estabilidade dos impérios: e eu, que sou servidor de Deus, tenho o gosto da eternidade.»

(Antoine de Saint-Exupéry, Cidadela)


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Miguel


Já nasceu. Sou oficialmente AVÓ.

Graças, meu Deus, pelo dom da vida.

(31 de Janeiro - Dia de S.João Bosco)

Pai e mestre dos jovens 
Deste a vida por nós. 
Hoje nós te louvamos 
Juntos numa só voz. 

D. Bosco, D. Bosco 
Cantemos, cantemos 
Glória, glória, 
Glória para sempre. 

Teu segredo é Maria 
Tua força é Jesus. 
Tua vida é dos jovens 
És caminho, és luz. 

Deste aos jovens a esp’rança 
Deste a vida, o amor, 
Deste a fé e a força 
Dum futuro melhor. 
 .
 Amen.

sábado, 11 de janeiro de 2014

As Janeiras

Este ano cantámos assim:

Inda agora aqui cheguei
Mal pus o pé na escada
Logo o meu coração disse:
Aqui mora gente honrada.

Estas casas são bem altas
Forradas de papelão
Vivam senhores e senhoras
Que dentro delas estão

Boas festas, boas festas,
Aqui haja neste dia
Que manda o Deus menino
Filho da Virgem Maria.

Ó da casa, nobre gente
Escutai e ouvireis;
Lá dos lados do Oriente
São chegados os três Reis.

Vinde-nos dar as Janeiras,
Se no-las quiserdes dar
Somos romeiros de longe,
Não podemos cá voltar.

Despedida seja dada,
Dada seja a despedida,
A mercê que nos fizeram
No céu seja agradecida.

Ó que linda despedida
Deu a cereja ao ramo;
Fiquem-se com Deus, senhores,
Adeus, até para o ano.