20160906

15 de Setembro, dia de Nossa Senhora das Dores


(também chamada Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora do Calvário ou ainda Nossa Senhora do Pranto, e invocada em latim como 'Beata Maria Virgo Perdolens', ou 'Mater Dolorosa')

Nossa Senhora das Dores surge representada sendo ferida por sete espadas no seu coração imaculado (algumas vezes uma só espada), dado ter sido trespassada por uma espada de dor, aquando da Paixão e Morte do seu Filho, unindo-se ao seu sacrifício enquanto redentor. 

O culto à Mater Dolorosa iniciou-se em 1221, no Mosteiro de Schönau, na Germânia. Em 1239, a sua veneração no dia 15 de Setembro teve início em Florença, na Itália, pela Ordem dos Servos de Maria (Ordem Servita). 

Para fazer companhia à nossa querida Mãe é tradição rezar um Pai-nosso e sete Ave-marias por cada uma das 'dores' de Maria: 

1ª. - As profecias de Simeão na apresentação de Jesus no templo
         (Lc 2,34-35);
2ª. - A fuga da Sagrada Família para o Egipto
         (Mt 2,13);
3ª. - O Menino Jesus perdido e encontrado no Templo
         (Lc 2,43-45);
4ª. - O Doloroso encontro de Maria com Jesus no caminho do Calvário
         (Lc 23,26);
5ª. - Maria observando o sofrimento e morte de Jesus na Cruz
         (Jo 19,25);
6ª. - Maria recebe o corpo de Jesus nos braços aos pés da Cruz
         (Mt 27,57-59);
7ª. - Maria observa o corpo do filho a ser depositado no Santo Sepulcro
         (Jo 19,40-42).

2 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia
Maravilhosa lição de amor Nossa Senhora das Dores.
Não conhecia toda a história e tomei a liberdade de a guardar.
Que Maria Mãe de Jesus nos ensine a amar e a perdoar.

Emília Pinto disse...

Como Mãe, vendo o sofrimento e morte de Seu filho, sete dores são poucas; foram com certeza muitas mais. Obrigada por nos dares a conhecer o significado das sete espadas no coração da Sra da Dores. Um beijinho e fica bem, amiga.
Emilia