20080706

Aqui me encontro

Aqui me encontro
Despido de mim mesmo
Tal qual o Homem
Que busca a felicidade
Aqui me encontro
No porto da verdade
Sentindo o mundo
Que perde a felicidade

Eu quero ver o sol a despontar
Ter o sorriso da criança na inocência
E viver a vida e o ideal
Que me conduz de novo à infância


Já não procuro
O caminho inseguro
Tal qual o Homem
Que busca a dignidade
Já encontrei
A verdade de viver
Este sentido de lutar
Esta vontade de ser


ouvir esta canção

11 comentários:

Maria Pires disse...

fa menor escreves coisas tão maravilhosas quando passo no teu cantinho sinto-me bem so de pensar que deus e a razão do nosso existir beijinho do coração.

Ecclesiae Dei disse...

Que bela canção!!!

Mariz disse...

salvé!
Que o SER se viva diariamente e consistentemente, para que não nos sintamos infelizes...

deixo um gesto

Mariz

ESPAVO! - Como em Mu

Fa menor disse...

Maria,
Obrigada pela tua simpatia.
Beijinhos


Ecclesiae Dei,
é bonita, sim...


Mariz,
Bem vinda.
Temos de viver diariamente com vontade de SER...
Bjs

Tiago R Cardoso disse...

Muito bem.

Cátia disse...

Querida amiga,

Já vim aqui varias vezes, mesmo sem comentar. Vim ler-te. Acho que este é daqueles poemas que as palavras calam-se e ouve-se apenas o coração. O meu coraçao é tambem teu, tu sabes... Fico feliz por saber que estás aqui, que encontraste em ti o caminho, o sentido de lutar e a vontade de ser... de seres tu mesma.

Beijo do tamanho do mundo

C Valente disse...

Bela melodia, lindas palavras
Saudações amigas

Multiolhares disse...

nunca devemos deixar a criança que vive em nós desaparecer
beijos

Fa menor disse...

Tiago,
Obrigada.


Cátia,
Obrigada pelo carinho :)
Que bom seria se todos tivessem a simplicidade e o sorriso das crianças!
Beijinhos


C Valente,
Obrigada, amigo!
Saudações amigas


Multiolhares,
Quem dera que assim fosse sempre!
Bjs

marta disse...

Muito bonito o poema!

Deixo-te um beijinho.

Li na Cátia que tens aí os filhotes, aproveita bem! :)
Fico contente por ti! ;)

Fa menor disse...

Olá Marta!
Tenho, tenho... os dois mais novos, agora a tempo inteiro!...
E é tudo só deles ;)
Beijinhos