quarta-feira, agosto 05, 2020

algumas outras partilhas

Actualização em 5-08-2020
* * 
Actualização em 2-08-2020
* * 
Actualização em 25-07-2020
* * 

terça-feira, agosto 04, 2020

Quem tem ouvidos, oiça!


«“Explica-nos a parábola do joio no campo”. Jesus respondeu: “Aquele que semeia a boa semente é o Filho do homem e o campo é o mundo. A boa semente são os filhos do reino, o joio são os filhos do Maligno e o inimigo que o semeou é o Demónio. A ceifa é o fim do mundo e os ceifeiros são os Anjos. Como o joio é apanhado e queimado no fogo, assim será no fim do mundo: o Filho do homem enviará os seus Anjos, que tirarão do seu reino todos os escandalosos e todos os que praticam a iniquidade, e hão-de lançá-los na fornalha ardente; aí haverá choro e ranger de dentes. Então, os justos brilharão como o sol no reino do seu Pai. Quem tem ouvidos, oiça”.» (Mt. 13, 36-43) 

Mas convém ter presente que não há o mal quimicamente puro de um lado e o bem quimicamente puro do outro… Mal e bem misturam-se no mundo, na vida e no coração de cada um de nós.


«É maravilhoso o perfume das flores,
mas também as ervas daninhas têm a sua fragância.
Cada um tem o seu lugar para crescer e desabrochar.»
(Um rato fala com Deus - Angela Toigo)


segunda-feira, agosto 03, 2020

Contudo Tu não falharás


Tu me chamas sobre as águas
Onde os meus pés podem falhar
E ali Te encontro no mistério
No mar profundo
Aguento em fé

E pelo Teu nome vou chamar
Para lá das ondas vou olhar
Se a maré subir
No Teu abraço vou ficar
Pois eu sou Teu
E Tu és meu

No mar Tua graça é abundante
As Tuas mãos
Vão-me guiar
O medo acampa à minha volta
Contudo Tu não falharás

E pelo Teu nome vou chamar
Para lá das ondas vou olhar
Se a maré subir
No Teu abraço vou ficar
Pois eu sou Teu
E Tu és meu

Tu és meu

Guia-me onde a confiança é sem fronteiras
Quero andar sobre as águas
Até onde me chamares
Leva-me para lá do que é o mais profundo
Chegar a uma fé sem fundo
Mergulhar na Tua presença x3

Tu és meu

E pelo Teu nome vou chamar
Para lá das ondas vou olhar
Se a maré subir
No Teu abraço vou ficar
Pois eu sou Teu
E Tu és meu

(Onde os meus pés podem falhar, 
Tradução e Adaptação da música original "Oceans" - Hillsong United)
Acordes

domingo, agosto 02, 2020

Perdoa, Senhor

Perdoa, Senhor, o nosso dia (sol si- do re)
A ausência de gestos corajosos (sol do re)
A fraqueza de actos consentidos (mi- si- do re)
A vida dos momentos mal amados (sol do sol)

Perdoa o espaço que te não demos
Perdoa, porque não nos libertámos
Perdoa as correntes que pusemos
Em Ti, Senhor, porque não ousámos

Contudo, faz-nos sentir
Perdoar é esquecer a antiga guerra
E, partindo, recomeçar de novo
Como o sol, que sempre beija a terra



Perdoa Senhor o nosso dia - partitura

sábado, agosto 01, 2020

Não adores...



Não adores nunca ninguém mais que a Deus. (dó sol dó)
Não adores nunca ninguém mais que a Deus. (dó fá sol )
Não adores nunca ninguém mais, (lá- sol)
Não adores nunca ninguém mais, (mi- lá-)
Não adores nunca ninguém mais que a Deus. (dó sol dó)

Não escutes nunca ninguém mais que a Deus...

Não contemples nunca ninguém mais que a Deus...

Porque só Ele nos pode saciar.
Porque só Ele nos pode saciar.
Não adores nunca ninguém mais,
Não escutes nunca ninguém mais,
Não contemples nunca ninguém mais que a Deus.

(Autor desconhecido)


Ouvir uma versão e partitura

sexta-feira, julho 31, 2020

Um Grande Sinal - Apocalipse 12



Um grande sinal
apareceu no céu
uma mulher
uma mulher vestida com o sol
tendo a lua sob os pés
e uma coroa de doze estrelas
está grávida e grita
com os tormentos para dar à luz

Apareceu então outro sinal no céu
um grande dragão cor de fogo
com sete cabeças
e dez chifres
o dragão colocou-se diante da mulher 
da mulher que estava para dar à luz
a fim de devorar-lhe o filho
quando nascesse
e ela deu à luz um filho, um varão
aquele que irá reger todas as nações da terra
seu filho, porém, foi arrebatado
para junto de Deus e de Seu trono

Houve então uma batalha no céu
Miguel e seus anjos
combateram contra o dragão
um grande dragão
o dragão batalhou juntamente com os seus anjos
mas foi derrotado
e não se encontrou mais um lugar para eles no céu
foi expulso o dragão
o grande dragão, a antiga serpente
o chamado diabo ou satanás
o sedutor do mundo inteiro
foi expulso para a terra e seus anjos foram expulsos com ele

Ao ver que fora expulso para a terra
o dragão pôs-se a perseguir a mulher
que dera à luz um filho varão
ela porém recebeu as duas asas
da grande águia, para voar ao deserto
onde deve ser alimentada
um tempo, dois tempos e metade de um tempo
enfurecido por causa da mulher
o grande dragão foi então
guerrear contra o resto dos seus filhos
os que guardam os mandamentos de Deus
e mantém o testemunho de Jesus
(Um grande sinal - Caminho Neocatecumenal)


quinta-feira, julho 30, 2020

Atendei-me, Senhor

Pela vossa grande misericórdia, atendei-me, Senhor
Atendei-me, Senhor.

Sofri por Vós, Senhor, toda a afronta,
E a confusão cobriu o meu rosto.
Sou um estranho para os meus irmãos,
Um desconhecido para os filhos de minha mãe.
Devorou-me o zelo pela vossa casa,
Caíram sobre mim os insultos contra Vós.

Para Vós, Senhor, a minha oração,
Pelo vosso amor vinde em meu auxílio.
Ouvi-me, Senhor!
Pela Vossa bondade e Graça.
Pela Vossa imensa compaixão
Voltai-vos para mim.

Atendei, humildes, e alegrai-vos,
Buscai o Senhor e o vosso coração se reanimará.
O Senhor atende os pobres
e não despreza os que vivem sem liberdade.
Louvem-n’O a terra e os céus,
os mares e tudo o que neles se move.

SALMO 68
Salmo Responsorial do 12.º Domingo Comum ano A

Pela Vossa grande Misericórdia.mp3

Partitura da música, mas letra dos versículos diferente

Partitura com arranjos para viola


segunda-feira, julho 27, 2020

Retrospectiva

(reposição)
A Marta colocou aos seus leitores um desafio a que me senti tentada a responder. A ideia era fazer um texto, com sentido, onde seriam empregues os títulos das dez últimas postagens.

Nisto dei por mim a pensar em como gostaria de reencontrar uma velha amizade perdida
É que as amizades da adolescência e da juventude acabam, quase sempre, por se modificar ou perder. Surgem outras motivações, interesses, amores.
Acabamos por fazer
opções radicais quando colocamos o amor acima de tudo, ainda para mais, um certo tipo de amor, aquele que deriva da paixão sentida por uma pessoa especial e que não deixa ver um palmo à frente do nariz, como me aconteceu a mim. Mas não me arrependo de nada, hoje faria tudo de novo! Amaria cegamente ao ponto de me esquecer de mim, me anular, como fiz, tendo como base uma cultura do dar, em que o principal objectivo é fazer feliz a pessoa com quem se compartilha tudo. Aliás, passados tantos anos, continuo a fazer cenas ridículas como a de declarar publicamente “Je t’aime… J”.
É claro que durante todos estes anos de vida em comum, outros amores chegaram, se sobrepuseram e me tornaram na mãe
galinha que não consigo deixar de ser.
Mas não pensem que tudo foram ou são rosas! Melhor, sempre me rodeei de rosas, sim, muitas rosas, mas com muitos espinhos, de vários tamanhos e feitios! Senti a carne e a alma rasgadas por eles. Por vezes seria mais cómodo baixar os braços perante tantas inquietações, pois que
elas não matam… mas moem!

Mas o melhor, mesmo, é seguir em frente sem olhar muito para trás!
Para quê sentir em excesso? Afinal, ontem foi dia de Karaoke e hoje ainda ando a cantarolar la la la la…!

Este foi um exercício engraçado que gostei muito de compor.
Quem quiser experimentar a construir um texto com estas regras vai ver como é interessante e não é difícil.


domingo, julho 26, 2020

Em “Caminhada”

Alegremo-nos pois Cristo vive em nós!
Caminhemos pois Ele vai connosco!


Somos jovens em caminhada
Queremos ser a luz.
Não aspiramos a mais nada
Se não a imitar Jesus.

Somos tempero de sal
Em todas as nossas acções.
Temos Cristo por ideal
E a Sua Luz nos corações.

Que transpareça em nossa vidas
A Luz de Cristo que nos enche,
Tenhamos o vigor do sal
Para travar a força do mal.

O Reino de Deus habita em nós,
Somos testemunhas do Amor,
Arautos da Nova Aliança,
O Sal e a Luz do Senhor.

Alegremo-nos pois Cristo vive em nós!
Caminhemos pois Ele vai connosco!
Ele é o alimento;
Ele é a luz;
É o Caminho e a Meta!

(Uma canção que compus em 2007, bons tempos de Grupo de Jovens)


quinta-feira, julho 23, 2020

O Bom Pastor

Uma ovelha encontrou um buraco na cerca e, por ele, escapou, satisfeita por ver-se, afinal, bem soltinha.
Caminhou muito tempo e perdeu o caminho da volta para casa. Só então percebeu que o lobo faminto a seguia de perto.
Correu, assustada, sempre perseguida pelo lobo.
Felizmente, o pastor chegou a tempo de a salvar da fera. Levou-a para casa com muito carinho.
E, apesar dos conselhos dos amigos que viram o facto, o pastor recusava fechar o buraco da cerca por onde a ovelhinha fugira.
(desconheço o autor)

Podemos retirar deste conto os seguintes (e outros) ensinamentos:



- Apesar dos conselhos dos amigos, o pastor recusou-se a fechar a ovelhinha. Esta já tinha aprendido por experiência que é preciso cuidado.

- Também Cristo, o Bom Pastor, nos apascenta nas boas pastagens, mas deixa-nos livres e nunca nos abandona.

- A liberdade é um grande dom. O importante é que as pessoas saibam ser responsáveis, utilizando-a para o bem. Somos livres para amar e servir.


Usemos bem a nossa liberdade. Sejamos responsáveis e prudentes, pois há sempre algum  buraco por onde o mal nos espreita.

domingo, julho 19, 2020

Dia Mundial dos Pobres

O 4.º Dia Mundial dos Pobres - 
vai ser a --> 15 de Novembro de 2020

«A esperança dos pobres jamais se frustrará» (Sal 9, 19)
3.º Dia Mundial dos Pobres - 17 de Novembro de 2019

«Este pobre clama e o Senhor o escuta» (Sal 34, 7)
 2.º Dia Mundial dos Pobres - 18 de Novembro de 2018

 
 1.º Dia Mundial dos Pobres - 19 de Novembro de 2017

Mensagens para o Dia Mundial dos Pobres, ler em:      https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/poveri.index.html

🔻

Fica sempre um pouco de perfume,
Nas mãos que oferecem rosas,
Nas mãos que sabem ser generosas. (Bis)

Dar o pouco que se tem
Ao que tem menos ainda,
Enriquece o doador,
Torna a alma ainda mais linda.

Dar um pouco de alegria,
Parece coisa tão singela,
Aos olhos de Deus, porém
É das graças a mais bela.
(Fica sempre um pouco de perfume, Irmã Judith Junqueira Vilella)  Acordes e ouvir
                                                                                  Pauta


sábado, julho 18, 2020

quinta-feira, julho 16, 2020

Deixa o mundo girar

Quantas vezes vais olhar para trás
Estás preso a um passado que pesou
Quantas vezes vais ser tu capaz
De fazer sair quem por engano entrou

Abre a tua porta
Não tenhas medo
Tens o mundo inteiro
À espera para entrar
De sorriso no rosto
Talvez o segredo
Alguém que te quer falar

Olha em frente e diz-me aquilo que vês
Reflexos de quem conheces bem
Ouve essa voz, é a tua voz
Dá-lhe atenção e a razão que tens

Abre a tua porta
Não tenhas medo
Tens o mundo inteiro
À espera para entrar
De sorriso no rosto
Talvez o segredo
Alguém que te quer falar

Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal de que não podes parar
Estás de passagem

Vai aonde queres
Sê quem tu quiseres
Estende a tua mão
A quem vier por bem

Abre a tua porta
Não tenhas medo
Tens o mundo inteiro
À espera para entrar
De sorriso no rosto
Talvez o segredo
Alguém que te quer falar

Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal de que não podes parar
Estás de passagem

Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal de que não podes parar
Estás de passagem

Só de passagem
Estou de passagem
Para outro lugar



"Quantas vezes vais olhar para trás..." Fa Lam (4x)
"Abre a tua porta..." Rem, Lam Sib (2x)
"Deixa o mundo girar..." Fa Lam Do Fa (2X) etc...

(Polo Norte - Deixa o mundo girar)



terça-feira, julho 14, 2020

Digno de Louvor e de Glória para sempre

Dan. 3
Bendito sois Senhor Deus de nossos pais
Bendito o vosso nome glorioso e santo
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito sois no templo da Vossa Glória
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito o Senhor que domina as profundidades
O Senhor que está sentado sobre os anjos
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito o Senhor no trono do seu reino
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito o Senhor no firmamento dos céus
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

(Salmo Responsorial, SS. Trindade, ano A)

Em mp3

Outra versão em mp3

segunda-feira, julho 13, 2020

Não tenho culpa de ser um caso raro


(clicar em cima da letra para ler e ver os acordes)

quarta-feira, julho 08, 2020

Como é que acordou hoje o teu coração?

"Como é que acordou hoje o teu coração?", perguntava o agricultor ao jovem da cidade que tinha chegado à montanha para partilhar a vida simples e pura do camponês. E o “coração do jovem” não sabia responder. Isto durante alguns dias, até que o jovem, ao despertar, punha-se a escutar o seu coração em silêncio. Nos últimos dias da sua experiência na paz e no silêncio da montanha, o jovem já tinha descoberto que tinha coração; tinha tocado o seu coração; tinha aprendido a olhar e a observar no profundo do seu coração. Ao deixar a montanha, o jovem perguntou ao camponês: “Meu irmão, como é que acordou hoje o teu coração?” E o agricultor, abraçando-o sinceramente, disse-lhe: “Hoje acordou bem; amanhã não sei. Durante este dia que Deus me oferece, vigiarei o meu coração e o manterei desperto, para que, quando chegue a noite, mantenha acesa a luz da fé e arda perante o Deus do silêncio e do profundo”.

O coração é o que de mais bonito e delicado habita em ti. É como a raiz da vida. É como o leito do rio.
Se o coração está vivo, todo o ser será luminoso e transparente.
Se o coração está a dormir, todo o ser estará apagado, será indiferente e cinzento.
Se o coração está morto, todo o ser será como as folhas do Outono que a chuva molha e que o vento leva.
Se o coração é puro, todo o ser será límpido e refrescante.
Se o coração sente e ama, todo o ser estará disposto a ajudar, a abraçar, a encontrar-se.
Se o coração está cheio de sementes de paz e bem, todo o ser será uma primavera radiante e um verão carregado de frutos.
Se o coração está cheio de Deus, todo o ser será uma festa contínua.

E o meu coração, como é que acordou hoje?

(Desconheço o autor)
In:
Topas?

terça-feira, julho 07, 2020

Sei-te de cor

Sei de cor
cada traço do teu rosto, do teu olhar
cada sombra da tua voz e cada silêncio,
cada gesto que tu faças,
meu amor sei-te de cor.

Sei cada capricho teu e o que não dizes
ou preferes calar, deixa-me adivinhar
não digas que o louco sou eu
se for tanto melhor
amor sei-te de cor.

Sei porque becos te escondes,
sei ao pormenor o teu melhor e o pior
sei de ti mais do que queria,
numa palavra diria
sei-te de cor.

Sei cada capricho teu e o que não dizes
ou preferes calar, deixa-me adivinhar
não digas que o louco sou eu
se for tanto melhor
amor sei-te de cor.

Sei de cor
cada traço do teu rosto, do teu olhar
cada sombra da tua voz e cada silêncio,
cada gesto que tu faças
meu amor sei-te de cor.

(Sei-te de Cor - Paulo Gonzo)


segunda-feira, julho 06, 2020

Livre-se dos lixos!

A Lei do Camião do Lixo: Uma história para reflectir.

«Certo dia apanhei um táxi para o aeroporto.
Seguíamos na faixa correcta, quando, de repente, um carro preto saiu do estacionamento e se mandou à estrada na nossa frente.
O taxista travou bruscamente, deslizou e escapou de bater no outro carro. Foi por um triz!
E o motorista do outro carro ainda sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós nervosamente.
Mas o taxista apenas sorriu e acenou-lhe, fazendo um sinal positivo. E fê-lo de maneira bastante amigável.

Indignado perguntei-lhe: 'Porque é que fez isso? Aquele sujeito quase nos batia e, por pouco, nos mandava para o hospital!'
Então o motorista do táxi ensinou-me aquilo que eu agora chamo "A Lei do Camião do Lixo."
Explicou-me que muitas pessoas são como camiões do lixo. Andam por aí carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, traumas e desilusões. À medida que as suas pilhas de lixo crescem, elas precisam dum lugar para descarregar, e, às vezes, descarregam sobre nós.

Nunca leve isso a peito. Não é o seu problema! É o dele!
Simplesmente sorria, acene, deseje-lhes sempre o bem, e siga em frente. Não fique com o lixo dessas pessoas, nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas.
Fique tranquilo... respire fundo e deixe a “pessoa do lixo” passar.

O princípio que se retira disto é que, "pessoas felizes não deixam os camiões do lixo estragarem o seu dia."

A vida é muito curta, não transporte lixo consigo! Limpe os maus sentimentos, os aborrecimentos do trabalho, as picuinhices pessoais, os ódios e as frustrações.

Ame todas as pessoas, tratando-as bem: as que o(a) tratam bem e as que não o fazem.»

(Desconheço o autor)

Acho que esta história faz cada vez mais sentido no nosso pequeno mundo à nossa volta e no mundo global que nos entra janelas adentro. Mundos pejados de intolerâncias e de desamor, que nos vão corrompendo sem darmos conta -- a história refere ainda que "a vida é dez por cento daquilo que fazemos dela, e noventa por cento da maneira como a recebemos!"
Não nos deixemos, pois, conspurcar pela porcaria que os "camiões do lixo" ousam descarregar para cima de nós. Desviemo-nos das investidas, vistamos "roupagens" que não absorvam esses lixos, tomemos "banho" regularmente.

domingo, julho 05, 2020

Palavras em tempo de pedras


"Quando as pedras frias
caem brancas e torcidas
sobre as palavras imperiais,
mordendo-lhes as raízes
como se fossem o contrário do que são,
fecham-nos a alma e ficamos sem saber
se as asas se quebram ou
se ficamos de pé à espera das próximas pedras."
(José Maria Brito Sj https://www.facebook.com/zemariasj


A natureza humana é tal que os pensamentos lutam para serem expressos em palavras faladas, e palavras faladas procuram se realizar através de acções – muitas vezes por caminhos tortuosos, que a pessoa que originalmente pronunciou as palavras não desejava nem previa.


Pedras? Não guardo nenhuma. Os castelos ganham imensa humidade.



sábado, julho 04, 2020

Alicerça-te


«Todo aquele que escuta estas minhas palavras e as põe em prática é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha.
Caiu a chuva, engrossaram os rios, sopraram os ventos contra aquela casa; mas não caiu, porque estava fundada sobre a rocha.

Porém, todo aquele que escuta estas minhas palavras e não as põe em prática poderá comparar-se ao insensato que edificou a sua casa sobre a areia.
Caiu a chuva, engrossaram os rios, sopraram os ventos contra aquela casa; ela desmoronou-se, e grande foi a sua ruína.» (Mt. 7,24-27)


A vida é uma construção, vais-te construindo aos poucos. 

De onde vem a solidez da tua vida? 

A forma como tenho resistido aos ventos e às chuvas da vida indica o terreno onde tenho construído a minha vida.  

Pergunto-me, honestamente, quais são os alicerces em que assento a minha vida? 

Quantas vezes não experienciámos já a construção na areia? As más escolhas que nos levaram a más experiências?

"Senhor, tantas vezes que construímos a nossa casa sobre as areias do mundo. E as areias do mundo escorrem-nos por entre os dedos, e perdem-se para sempre. Ajuda-nos, Senhor, a construir sobre a rocha que Tu és, para que fazendo da nossa casa, tua habitação, ela seja para sempre. Ámen."

 "O Senhor foi o meu alto retiro; e o meu Deus a ROCHA em que me refugiei" (Salmo 94,22).

 "Vinde, cantemos ao Senhor: cantemos com júbilo à ROCHA da nossa salvação" (Salmo 95,1).


Alicerça-te, pois só assim se pode dizer:

Caiu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos... mas aquela casa não caiu. (Mateus 7, 21.24-27)


sexta-feira, julho 03, 2020

Amar - o pleno cumprimento da Lei de Deus

[Ágape: o amor-caridade]


"Irmãos:
Não devais a ninguém coisa alguma,
a não ser o amor de uns para com os outros,
pois, quem ama o próximo, cumpre a lei.
De facto, os mandamentos que dizem:
«Não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não cobiçarás»,
e todos os outros mandamentos, resumem-se nestas palavras:
«Amarás ao próximo como a ti mesmo».
A caridade não faz mal ao próximo.
A caridade é o pleno cumprimento da lei."
(Rom. 13,8-10) 


Mais palavras para quê?...

No entanto, conseguiremos nós amar (sempre) com esse amor?!

quarta-feira, julho 01, 2020

O preço e o valor; e o sítio certo

Um pai, em determinado dia, chamou o filho e disse-lhe:
- Filho, vou dar-te este relógio, que é muito especial para mim. É um relógio muito antigo do teu bisavô. Há mais de 100 anos que está na nossa família. Talvez seja a melhor herança que eu te possa deixar. Mas antes, quero que procures saber quanto vale. Vai ali ao café em frente e diz às pessoas que lá estiverem que queres vendê-lo, para ver quanto te dão por ele.

O filho lá foi. Quando voltou disse que, lá no café, o máximo que lhe ofereceram foi 10€, porque disseram que era velho. Então o pai disse:
- Agora vai ao relojoeiro e faz o mesmo.
O jovem assim fez e na relojoaria conseguiu uma oferta de 30€ pelo relógio. O pai disse:
- Então agora quero que vás ao museu, nas primeiras horas da manhã, e mostres lá o relógio.
Ele assim fez. Chegou lá ainda antes de o museu abrir. Quando abriu, entrou e procurou por quem dirigia o museu para oferecer o relógio.

Quando voltou disse ao pai:

- O dono do museu ficou com os olhos brilhantes diante do relógio e, irradiando alegria, disse que o relógio é uma peça rara. Existirão no mundo apenas 100 exemplares deste relógio. Disse que algo assim não tem preço... de tão raro que é. Aconselhou-me a não vender, pois eu tinha nas mãos uma verdadeira jóia. Mas, se por acaso, eu me quisesse desfazer do relógio, que o procurasse em primeiro lugar, pois ele pagaria 50.000€ por ele.

O pai então disse:
- Filho, a herança que tenho para te deixar não é o relógio nem os 50.000€ que ele pode valer. A herança que te vou deixar é esta lição: não fiques irritado por não te darem o valor que mereces. Ninguém te vai dar o valor certo enquanto estiveres no lugar errado.
Quem sabe o teu valor é quem te aprecia; nunca fiques num lugar onde não te valorizam, um lugar que não combina contigo. Não sejas a pérola dos porcos. Conhece o teu valor!
O relógio já é teu. Ele pode valer 50.000€... mas escolher os lugares e as pessoas que são tão valiosos como tu, ah, isso não tem preço; isso tem valor! Eu queria que aprendesses que o lugar certo conhecerá o teu valor da maneira certa.

(desconheço o autor)

Partilhas maiores