quinta-feira, dezembro 17, 2020

Ero Cras


A partir do dia 17 de Dezembro, o Advento encaminha-nos rapidamente ao Natal.



Alegrem-se os Céus, exulte a terra: 
o Senhor visitará o seu povo.

«O ceptro não se afastará de Judá» (Gén. 49)

O Salmo Responsorial:

=Nos dias do Senhor 
nascerá a justiça e a paz para sempre.  

=Deus, concedei ao rei o poder de julgar 
=e a vossa justiça ao filho do rei. 
=Ele governará o vosso povo com justiça 
=e os vossos pobres com equidade. 

=Os montes trarão a paz ao povo 
=e as colinas a justiça. 
=Ele fará justiça aos humildes 
=e salvará os indigentes. 

=Florescerá a justiça nos seus dias 
=e uma grande paz até ao fim dos tempos. 
=Dominará de um ao outro mar, 
=do grande rio até aos confins da terra. 

=O seu nome será eternamente bendito 
=e durará tanto como a luz do sol; 
=nele serão abençoadas todas as nações, 
=todos os povos o hão-de bendizer.
Salmo 71 (72)


"Eis que vem o desejado de todos os povos 
e encherá de glória o templo do Senhor."
(Antífona da Comunhão cf. Ageu 2, 8)

Ó Sabedoria do Altíssimo, 
que tudo governais com firmeza e suavidade: 
vinde ensinar-nos o caminho da salvação.
(aclamação do Evangelho do dia 17)


17 de Dezembro - um dia bonito, do caminho da Luz que nos leva ao Presépio. 

[Também neste dia nasceu Jorge Mario Bergoglio (17-12-1936).
Salve Papa Francisco!  ]

_____________
*Ero Cras

terça-feira, dezembro 08, 2020

Um Ano dedicado a São José

“Depois de Maria, a Mãe de Deus, nenhum Santo ocupa tanto espaço no magistério pontifício como José, seu esposo”.  (Carta Apostólica ‘Patris Corde’, Papa Francisco)


O Papa convoca a um “Ano especial de São José
entre 8 de Dezembro de 2020 e 8 de Dezembro de 2021.

Esta iniciativa assinala o 150.º aniversário da declaração de São José como padroeiro da Igreja. 


“Todos podem encontrar em São José – o homem que passa despercebido, o homem da presença quotidiana discreta e escondida – um intercessor, um amparo e uma guia nos momentos de dificuldade”.    

“Todos os fiéis terão assim a oportunidade de se comprometer, com orações e boas obras, para obter, com a ajuda de São José, chefe da Família celestial de Nazaré, conforto e alívio das graves tribulações humanas e sociais que hoje dominam o mundo contemporâneo”, refere o Papa.

São José é o padroeiro da Igreja; da família; dos trabalhadores; das almas aflitas...

São-lhe celebradas duas festas: a 19 de Março – Esposo da Virgem Maria, Dia do Pai; e a 1 de Maio – São José Operário.

Temos agora oportunidade especial durante todo um ano.

Dirijamos-lhe as nossas orações.

«Glorioso Patriarca São José, cujo poder consegue tornar possíveis as coisas impossíveis, vinde em minha ajuda nestes momentos de angústia e dificuldade. Tomai sob a vossa protecção as situações tão graves e difíceis que vos confio, para que obtenham uma solução feliz. Meu amado Pai, toda a minha confiança está colocada em Vós. Que não se diga que eu vos invoquei em vão, e dado que tudo podeis junto de Jesus e Maria, mostrai-me que a vossa bondade é tão grande como o vosso poder. Ámen» 
(oração rezada diariamente pelo Papa Francisco a São José, tirada dum livro francês de devoções, do século XIX, da Congregação das Religiosas de Jesus e Maria) 

Glorioso São José, castíssimo esposo da Virgem Maria, rogai por nós!



sábado, novembro 14, 2020

Dia Mundial dos Pobres

O Papa Francisco, por vontade explícita na Carta Apostólica Misericórdia et Misera (20 de Novembro de 2016), instituiu o XXXIII Domingo do Tempo Comum como Dia Mundial dos Pobres, pois, nas suas palavras, o encontro com os pobres que nos rodeiam "será um momento propício para encontrar o Deus que buscamos".
O 4.º Dia Mundial dos Pobres -  15 de Novembro de 2020
Este ano vivido numa situação ainda mais difícil, com a pandemia.

«A esperança dos pobres jamais se frustrará» (Sal 9, 19)
3.º Dia Mundial dos Pobres - 17 de Novembro de 2019

«Este pobre clama e o Senhor o escuta» (Sal 34, 7)
 2.º Dia Mundial dos Pobres - 18 de Novembro de 2018

 
 1.º Dia Mundial dos Pobres - 19 de Novembro de 2017

Mensagens para o Dia Mundial dos Pobres, ler em:      https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/poveri.index.html

🔻

Fica sempre um pouco de perfume,
Nas mãos que oferecem rosas,
Nas mãos que sabem ser generosas. (Bis)

Dar o pouco que se tem
Ao que tem menos ainda,
Enriquece o doador,
Torna a alma ainda mais linda.

Dar um pouco de alegria,
Parece coisa tão singela,
Aos olhos de Deus, porém
É das graças a mais bela.
(Fica sempre um pouco de perfume, Irmã Judith Junqueira Vilella)  Acordes e ouvir
                                                                                  Pauta

quarta-feira, outubro 21, 2020

terça-feira, setembro 01, 2020

Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação - 1 de Setembro

Tempo da Criação 2020

A 1 de Setembro, a Igreja Católica celebra o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, instituído pelo papa Francisco em 2015, a que se segue o Tempo da Criação  um mês para sensibilizar para o cuidado do planeta  até 4 de Outubro, que é o dia da festa de São Francisco de Assis (que afirmou a bondade e a maravilha da Criação).

O "Dia de Oração pelo Cuidado da Criação «surge» como uma «oportunidade extraordinária»". Porque “extraordinários são os meses que temos vivido desde Março, marcados pela incerteza e pelo medo, às vezes pela angústia, pela aflição e pela dor de tantos”  Bispos portugueses lembram tempos de «incerteza», «medo», «dor» e «cuidado com os mais frágeis» na pandemia

“Devemos aproveitar este momento decisivo para acabar com actividades e objectivos supérfluos e destrutivos, e cultivar valores, vínculos e projectos criadores”  Papa Francisco


«Enviai, Senhor, o vosso Espírito e renovai a face da Terra».
(cf. Sal 104/103, 30)

(...) 
 "Louvai e bendizei a meu Senhor, 
 e dai-lhe graças e servi-o com grande humildade." 
(S. Francisco de Assis, Cântico das Criaturas)

  


sábado, junho 20, 2020

Atendei-me, Senhor

Pela vossa grande misericórdia, atendei-me, Senhor
Atendei-me, Senhor.

Sofri por Vós, Senhor, toda a afronta,
E a confusão cobriu o meu rosto.
Sou um estranho para os meus irmãos,
Um desconhecido para os filhos de minha mãe.
Devorou-me o zelo pela vossa casa,
Caíram sobre mim os insultos contra Vós.

Para Vós, Senhor, a minha oração,
Pelo vosso amor vinde em meu auxílio.
Ouvi-me, Senhor!
Pela Vossa bondade e Graça.
Pela Vossa imensa compaixão
Voltai-vos para mim.

Atendei, humildes, e alegrai-vos,
Buscai o Senhor e o vosso coração se reanimará.
O Senhor atende os pobres
e não despreza os que vivem sem liberdade.
Louvem-n’O a terra e os céus,
os mares e tudo o que neles se move.

SALMO 68
Salmo Responsorial do 12.º Domingo Comum ano A

Pela Vossa grande Misericórdia.mp3

Partitura da música, mas letra dos versículos diferente

Partitura com arranjos para viola


domingo, junho 07, 2020

Digno de Louvor e de Glória para sempre

Dan. 3
Bendito sois Senhor Deus de nossos pais
Bendito o vosso nome glorioso e santo
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito sois no templo da Vossa Glória
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito o Senhor que domina as profundidades
O Senhor que está sentado sobre os anjos
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito o Senhor no trono do seu reino
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

Bendito o Senhor no firmamento dos céus
Digno do supremo louvor e exaltação eterna

(Salmo Responsorial, SS. Trindade, ano A)

Em mp3

Outra versão:

sábado, junho 06, 2020

sábado, maio 30, 2020

A Cabana do Zé do Sacho

O Zé do Sacho tem o sacho atrás da porta
Com que ele vai sachar a horta;
Tem toca e meia de pinho
Onde os morcegos fazem ninho;
Tem um altar curto e baixo,
Tem apenas um capacho
Por onde entra e sai o ar.
Meus senhores queiram notar
A cabana do Zé do Sacho!

O tio Zé contava-me assim pequeninas histórias, contos curtos em lengalengas que me deleitavam na infância e que eu mandava sempre repetir. Hoje recuperei este, cujas frases completas já me esqueciam, mas que a minha prima ainda se lembrava bem.

segunda-feira, março 30, 2020

O Senhor é meu Pastor nada me falta

O Senhor é meu Pastor
Nada me falta, nada me falta


Leva-me a descansar em verdes prados
Conduz-me às águas refrescantes.
Reconforta a minha alma
E conduz-me por Seus caminhos,
Por amor do Seu nome,
Por amor do Seu nome.

Ainda que eu passe por vales tenebrosos,
Nada temo, porque Tu estás comigo.
Teu bastão e Teu cajado confortam meu sofrimento.
Meu Senhor e bom Pastor,
Meu Senhor e bom Pastor.

Preparas diante de mim mesa abundante,
À vista dos meus inimigos;
Unges com óleo minha cabeça,
E transborda a minha taça
Meu Senhor e bom Pastor,
Meu Senhor e bom Pastor.

Tua bondade e graça me acompanham
Porque sei, Senhor, que Tu estás comigo.
Habitarei na Tua casa
Nos dias da minha vida,
Por todo o sempre, meu Senhor,
Por todo o sempre, meu Senhor.
(Salmo 23)



Acordes

domingo, janeiro 05, 2020

No dia de hoje se cantam os reis

I
Venho-vos cantar os reis,
Pela folhinha da vinha,
Senhora abra-nos a porta,
Que eu quero ver a lapinha.

Coro
Se vós não sabíeis,
Agora sabeis
Que no dia de hoje,
Se cantam os reis.

II
Venho-vos cantar os reis,
Pela folhinha da rama,
Se vós ainda estais deitada,
Levante-se já da cama.

III
Venho-vos cantar os reis,
Pela folha de hortelã,
Se não nos abre a porta,
Boa noite e até amanhã.

IV
Donde eu estou bem vejo,
Uma luzinha deserta,
Graças a Deus para sempre,
Que eu já vejo a porta aberta.

(Tradicional madeirense)

poderá também gostar de:

Partilhas maiores