quinta-feira, dezembro 17, 2020

Ero Cras


A partir do dia 17 de Dezembro, o Advento encaminha-nos rapidamente ao Natal.



Alegrem-se os Céus, exulte a terra: 
o Senhor visitará o seu povo.

«O ceptro não se afastará de Judá» (Gén. 49)

O Salmo Responsorial:

=Nos dias do Senhor 
nascerá a justiça e a paz para sempre.  

=Deus, concedei ao rei o poder de julgar 
=e a vossa justiça ao filho do rei. 
=Ele governará o vosso povo com justiça 
=e os vossos pobres com equidade. 

=Os montes trarão a paz ao povo 
=e as colinas a justiça. 
=Ele fará justiça aos humildes 
=e salvará os indigentes. 

=Florescerá a justiça nos seus dias 
=e uma grande paz até ao fim dos tempos. 
=Dominará de um ao outro mar, 
=do grande rio até aos confins da terra. 

=O seu nome será eternamente bendito 
=e durará tanto como a luz do sol; 
=nele serão abençoadas todas as nações, 
=todos os povos o hão-de bendizer.
Salmo 71 (72)


"Eis que vem o desejado de todos os povos 
e encherá de glória o templo do Senhor."
(Antífona da Comunhão cf. Ageu 2, 8)

Ó Sabedoria do Altíssimo, 
que tudo governais com firmeza e suavidade: 
vinde ensinar-nos o caminho da salvação.
(aclamação do Evangelho do dia 17)


17 de Dezembro - um dia bonito, do caminho da Luz que nos leva ao Presépio. 

[Também neste dia nasceu Jorge Mario Bergoglio (17-12-1936).
Salve Papa Francisco!  ]

_____________
*Ero Cras

terça-feira, dezembro 08, 2020

Um Ano dedicado a São José

“Depois de Maria, a Mãe de Deus, nenhum Santo ocupa tanto espaço no magistério pontifício como José, seu esposo”.  (Carta Apostólica ‘Patris Corde’, Papa Francisco)


O Papa convoca a um “Ano especial de São José
entre 8 de Dezembro de 2020 e 8 de Dezembro de 2021.

Esta iniciativa assinala o 150.º aniversário da declaração de São José como padroeiro da Igreja. 


“Todos podem encontrar em São José – o homem que passa despercebido, o homem da presença quotidiana discreta e escondida – um intercessor, um amparo e uma guia nos momentos de dificuldade”.    

“Todos os fiéis terão assim a oportunidade de se comprometer, com orações e boas obras, para obter, com a ajuda de São José, chefe da Família celestial de Nazaré, conforto e alívio das graves tribulações humanas e sociais que hoje dominam o mundo contemporâneo”, refere o Papa.

São José é o padroeiro da Igreja; da família; dos trabalhadores; das almas aflitas...

São-lhe celebradas duas festas: a 19 de Março – Esposo da Virgem Maria, Dia do Pai; e a 1 de Maio – São José Operário.

Temos agora oportunidade especial durante todo um ano.

Dirijamos-lhe as nossas orações.

«Glorioso Patriarca São José, cujo poder consegue tornar possíveis as coisas impossíveis, vinde em minha ajuda nestes momentos de angústia e dificuldade. Tomai sob a vossa protecção as situações tão graves e difíceis que vos confio, para que obtenham uma solução feliz. Meu amado Pai, toda a minha confiança está colocada em Vós. Que não se diga que eu vos invoquei em vão, e dado que tudo podeis junto de Jesus e Maria, mostrai-me que a vossa bondade é tão grande como o vosso poder. Ámen» 
(oração rezada diariamente pelo Papa Francisco a São José, tirada dum livro francês de devoções, do século XIX, da Congregação das Religiosas de Jesus e Maria) 

Glorioso São José, castíssimo esposo da Virgem Maria, rogai por nós!



poderá também gostar de:

Partilhas maiores