20081001

Frágil



Quando não se resiste à pressão!

10 comentários:

joaquim disse...

No meu tempo, não sei se ainda é assim havia o que chamavam o "vidro temperado", que seria inquebrável.

Este post trouxe-me à ideia que nós somos assim frágeis como o "vidro normal" e partimos sob pressão, a não ser que estejamos, que sejamos "temperados" pela fé em Jesus Cristo no Espírito Santo, que nos enche do amor do Pai, que nos torna inquebráveis perante as pressões.

Abraço amigo em Cristo

Mari disse...

Oi amiga!

Obrigada pelas palavras lindas.
Estava no blog quando me escreveu.
Estou de férias do blog para estudar, mas não aguente e voltei um pouco.
Somos frágeis demais. Acho que mais as mulheres, devido aos hormônios e fases.
Muitas vezes não resistimos e quebramos ou falamos algo que nos arrependemos, já me aconteceu muito.
Que bom que podemos sempre recomeçar no dia seguinte.
PS: Estou fazendo o que me falou e funcionou! Acho que vc foi inspirada por Deus!

musqueteira disse...

... viva! a fragilidade é gesto que nos prova e ensina: o quanto somos insignificantes perante o criador.

Fontez disse...

a fragilidade é um caminho para o fortalecimento...!


bj dear e good week.

Tiago R Cardoso disse...

esta sociedade pressiona demasiado o individuo,se formos frágeis, facilmente quebraremos.

Ailime disse...

Há momentos na vida em que todos nós nos sentimos mais ou menos fragilizados!
Há que retemperar forças e, se pudermos, fugir nem que seja por uma breve semana, para aqueles sítios onde ainda se pode ter um pouco de paz de espírito, como eu própria ainda há dias fiz!
Força amiga, vá em frente!
Beijinho grande.

marta disse...

Fortes!
Quando vem o vendaval e estamos concentrados o suficiente para defendermos portas e janelas!

Beijinhos!

gaivota disse...

também é o que em apetece tantoooooooooooooooooooooo
quando a pressão já rebenta por tudo o que é sítio!
e nas raízes da injustiça, amiga, então é violência repressiva e subjugadora imposta pela prepotência de...alguém (ns)
beijinhos

malu disse...

Ai, contava-te uma história... mas aqui nos comentários não dá muito jeito e penso que os acima estão muito bons, com margem muito pouca para acrescentar mais.

A mim, ajuda-me a oração de Jesus. Jesus, Jesus, Jesus... entrega-a a Ele.

Enorme abraço.

Fa menor disse...

Amigos,
Obrigada a todos...
mas há dias assim!

... em que me senti um vidro frágil... choco, pronto a estilhaçar...

Beijos