20090428

[des]apontamento

a cidade agita-se. corre num frenesim à demanda com o sol. eu agito-me na manhã, numa espera longa, em que o tempo corre sem sair do mesmo sítio. a cidade aumenta a velocidade. e eu, parada, sem me mover, apenas movendo o peito cada vez mais aceleradamente, a notar a cidade a correr. há esperas, de minutos, que se transformam em horas, e que parecem transformar-se em dias. estou farta desta manhã. tenho fome. chega-me o sono. quero sair daqui.
nem a pessoa que espero se despacha. nem eu arranjo estacionamento.

14 comentários:

Cátia disse...

Amiga do meu coraçao,

Quantas vezes a nossa velocidade é diferente da velocidade do mundo? Temos que correr à nossa maneira, da melhor forma possível... Da nossa forma, mas chegaremos lá, tenho a certeza.

Força para ti querida.
Beijinho enorme,
CA

gaivota disse...

fazes assim, encontras um buraquinho, empurras o da frrente, dás um jeito no de trás, e vais andando, andando... num instante estrás mais arrumadinha que todos os outros!!!
beijinhos

ParadoXos disse...

e bastava um lugar para estacionar o coração...

beijos imensos!

Secreta disse...

Há de facto dias , muito longos!
Beijito.

preto [e] branco disse...

A imagem dos dias que "correm" sobre nós e nos "escravizam" com a falta de tempo.
A vida está galopante e nós...por vezes, não conseguimos acompanhar.

"Serenidade e Calma"
"Viver a Vida"

bj...nho

joaquim disse...

Ó Fa amiga, aproveitavas, rezavas um pouco, o tempo passava a correr e ainda arranjavas lugar para estacionar...

Com Ele é assim, já lá está quando chegamos e o tempo com Ele passa mais veloz.

Não achas?

Abraço muito amigo em Cristo

Fa menor disse...

Que boas palavras, Joaquim!

Quero ver se para a próxima não me esqueço. Se me absorvo mais dEle e menos do mundo...

Abraço muito amigo em Cristo


_________

Amigos,

obrigada a todos vós pelas vossas palavras, sempre um bálsamo para mim!

Beijinhos a todos

Canela disse...

Desculpa minha querida...

...chego tarde!
Não, não era por mim que esperavas (esclareço).

Também eu corro, corro demais... e quanto mais corro... mais devagar ando, parece-me. Até o dia de consultas eu já troco (ups)... ponho tudo num alvoroço.. faço correr quem não deve, faço parar quem deve correr... e afinal, grande confusão, minha por sinal.

Os meus cabelos brancos, que vão aparecendo sem convite... devem querer dizer algo...

Tenta seguir os conselhos do amigo Joaquim... eu tentarei também!

Beijinho grande

Ecclesiae Dei disse...

Ao ler suas palavras vi que não importa onde estejamos, se cá no Brasil ou aí em Portugal, o tempo é o mesmo, correndo na mesma velocidade, nos deixando loucos. Mas gostei da idéia do Joaquim, vou pensar nisso também.
Abraços

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Fa,

Sabes que a minha irmã pede sempre ajuda ao Anjo do Parking. Eu pensava que ela estava a brincar quando me disse isto mas não, ela falava a sério e arranja sempre lugar !

Queres conhecer uma outra maneira de festejar o 1º de Maio ? Então passa amanhã para o meu cantinho e levanta um presente da minha parte.

Beijinhos da

Verdinha

Ailime disse...

Amiga,
Tenho hoje no meu cantinho um poema de um cântico que nos ensina a caminhar para uma cidade onde não há penas nem tristezas, nem injustiças e onde há simplesmente Paz!
Que ao lê-lo, se assim o entender, possa ter mais força no seu caminhar!
Um grande beijinho.

P.S. O poema a que me refiro está inserido no livro de cânticos da minha Paróquia e a partitura está disponível na net. É muito lindo.

Peter Pan disse...

Linda Amiga:
Um texto literariamente perfeito.
Sim! Também não gosto de esperar e de ver o meu quotidiano sempre da mesma forma. A rotina, vejo-a cada vez mais impessoal. Descaracterizada.
Excelente!
Beijinhos de imenso respeito e estima gigante.

pena

Sempre a admirar o que faz com beleza e pureza.
OBRIGADO pela simpatia no meu blog.
Bem-Haja, amiga enorme.

prafrente disse...

A vida é um perpétuo movimento.Não acredito que o mundo seria mais feliz se continuasse a mover-se ao ritmo da Idade Média.Paulo de Tarso foi a Roma num lento barco romano.Os papas hoje deslocam-se a 1000Km/hora em Boeings 727.As epístolas dos apóstolos demoravam uma "eternidade" até chegarem ás comunidades cristãs.Certament hoje seriam enviadas por email.
O mundo de hoje tem sem dúvida muitas limitações que desejaríamos eliminar mas tem também coisas maravilhosas que importa descobrir.Mesmo há 100 anos atrás as pessoas diziam que o mundo estava mal e que antes é que era bom.
Sobre o lado negro da vida, 35 anos depois, como comentou no meu blogue, é uma conjuntura MUNDIAL que nada tem a ver com a Revolução de Abril.

Bom fim de semana

Laura disse...

Querida, há um lugar onde vou todas as semanas, e ond eme refiro a ir às meninas, o pessoal dos blogues já sabe, riam-se gozavam-me, mas, são apenas as meninas do restaurante e da farmácia de produtos naturais, e ali nem smepre há estacionamento, mas, os meus amigos do outor lado, arranjam sempre, raramente tenho de dar outra volta, e sempre pertinho de onde quero ir...pede com antecedência e...verás alguém a sair e tu enfias-te lá, ou um lugar mesmo vago e a parecer incrivel...Ora atreve-te a pedir...
Muitos jinhos e toca em Fá maior. És uma queridinha..laura.