20100718

Marta e Maria ou a melhor parte

"Jesus entrou em certa povoação e uma mulher chamada Marta recebeu-O em sua casa. Ela tinha uma irmã chamada Maria, que, sentada aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Entretanto, Marta atarefava-se com muito serviço. Interveio então e disse: «Senhor, não Te importas que minha irmã me deixe sozinha a servir? Diz-lhe que venha ajudar-me». O Senhor respondeu-lhe: «Marta, Marta, andas inquieta e preocupada com muitas coisas, quando uma só é necessária. Maria escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada»."
(Lc. 10, 38-42)

Maria escolheu a melhor parte.
Mas, e a parte de Marta? Se ninguém a fizesse como é que era?
Poderemos nós ficar com a melhor parte e descuidarmo-nos da parte menos boa, a mais custosa de se fazer?
Poderemos nós dizer: Senhor, Senhor! e não trabalharmos para construir o Reino de Deus, aqui, agora?

Por outro lado, cuidando nós de fazer o que tem de ser feito a todo o custo, sendo essa a parte menos boa, a que se a não fizermos mais ninguém a fará, não nos descuidaremos daquela melhor parte de que Jesus nos fala?

Há um tempo para tudo e cada coisa tem o seu tempo.
(Cf. Eclesiaste 3)

Convém-nos é saber distinguir qual é o tempo, a hora, a ocasião oportuna para cada parte que nos cabe. Pois se é uma parte, quer seja a melhor ou a menos boa, será sempre a parte de um todo que deve ser levado a cabo.

Acho que ficar só por uma das duas será sempre um trabalho incompleto.

Mas não há dúvida de que estar com Jesus, escutá-lo, descansar a seus pés, louvando-o, será sempre a melhor parte, a parte essencial, sem a qual não podemos passar, e que nos ajudará a fazer melhor a outra parte, com mais empenho, com mais amor.

17 comentários:

Gil Moura disse...

Queridos amigos

Depois de algum interregno nas visitas e comentários nos vossos blogues, por motivos de ordem pessoal, aqui estou de novo a visitar os vossos cantinhos como merecem.

Desejo um resto de domingo bem passado, e uma semana plena de paz, amor e felicidade.

Beijos e abraços

Mário

teresa disse...

que texto maravilhoso amiga , sem duvida que concordo contigo , tudo têm a sua medida ,mas a parte mais importante é sem dúvida ouvir a palavra de deus , essa é a parte indespensavél ...
ps - quando puderes passa no meu cantinho , tens lá um mimo ..
beijo ..

Nova civilização disse...

Amiga Fa,

essa é uma das passagens que mais leio e releio, pois sinto como um chamado. E a partir daí me dei conta que independente de todas as minhas tarefas, sempre devo realizá-las com o pensamento na oração e na entrega do serviço com amor, por mais que elas sejam estressante ou cansativas... nunca perder o foco e a oportunidade em refletir em tudo que estamos realizando. Isso me ajudou muito pois apartir daí ganhei muito mais ânimo em coisas que até não gostava de fazer e fazia como uma obrigação,

obrigada pela partilha,

beijinhos

Gisele

Vanuza Pantaleão disse...

Fa querida,
Estar com o Mestre é tudo!
Ele já nos lançou sua bondade sobre nós por muitas vezes e sei o quanto Maria deve ter se sentido preenchida de luz e amor.

Amei esse teu texto!
Uma boa semana, amiga!!!Bjsss

Nilson Barcelli disse...

Interessante, a tua análise/ponto de vista.
Mas não nos podemos esquecer do enquadramento social da época, onde tudo era em câmara lenta, se comparado com o agora.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga de Bem:
"...Convém-nos é saber distinguir qual é o tempo, a hora, a ocasião oportuna para cada parte que nos cabe. Pois se é uma parte, quer seja a melhor ou a menos boa, será sempre a parte de um todo que deve ser levado a cabo..."

Já registei em mim e no que sou a brilhante lição de Fè que respeito imenso, não fosse ela pura e extraordinária.
Parabéns.
Um texto admirável.
Abraço forte de uma amizade sincera.
É perfeita.
Com respeito e ternura pelo que concebe na palavra Dele.

pena

MUITO OBRIGADO pela amabilidade no meu blogue que adorei.
Bem-Haja, fantástica amiga de bem.

poetaeusou . . . disse...

*
como é bom seguir
Jesus-Homem, tão diferente
de quem se serve D'ele !
,
conchinhas, deixo,
,
*

sérgio figueiredo disse...

Não consigo deixar de lhe dedicar 5minutos de manhã quando acordo, e 5minutos à noite, quando me deito.
Ele é o meu guia. Aquele que me ensina o sentido da vida.

bj...nho

gaivota disse...

é verdade, há sempre um tempo e uma hora certa para tudo...
há que entender!
e saber quem se segue, quem deixou os grandes ensinamentos, e não são precisos mais "intermediários" para os "recados"...
beijinhos

. intemporal . disse...

.

. estar com Jesus é e será sempre a ascese de todas as partes .

.

. há tanto ou ainda por acrescentar .

.

. e hoje saio . rendido .

.

. um beijo meu .

.

. paulo .

.

Lilá(s) disse...

Não há duvida que este texto é maravilhoso!
Bjs

O Árabe disse...

Assim é, amiga: a melhor parte é cuidar do nosso verdadeiro Eu. Sempre! :) Belo texto, boa semana.

Laura disse...

Eu tento fazer a minha parte, eu tento, eu quero, eu eu e eu...mas, muito mais poderia fazer, muito mais poderia amar...
mas amar a Jesus só não basta, certo, é preciso agir.
Beijinho da laura

Gil Moura disse...

Querida amiga

Passei por aqui, para te desejar um resto de semana feliz, e dar-te um grande beijo

Mário

RETIRO do ÉDEN disse...

Seguir Maria...é um dom de Deus.
Por vezes perdemo-nos nos afazeres e esquecemos um pouco o "compromisso" assunido do nosso interior com ELE.
Quando ainda estava no activo, dava por mim a orar e em simultãneo a trabalhar nas tarefas que me eram solicitadas...só com a Sua ajuda era possível esta simbiose oração/trabalho.
Agora nas tarefas caseiras é muito mais fácil...mas mesmo assim, por vezes dou por mim a descorar a oração que me impomho a mim própria nesse exercício diário...não tomo como uma obrigação, mas sim como um alimento de alma, do meu interior com ELE, que vive em mim.
Bjs.
Mer

Ailime disse...

Amiga Fá,
Esta passagem da Bíblia é muito bela!
Tanto tempo que corri sem prestar atenção à "Palavra" e como escutar Jesus é tão importante para que a nossa vida e a dos que nos rodeiam seja mais feliz!
Deus um dia fez-me parar para que pudesse ouvi-Lo. Vou tentando fazer o que posso.
Beijinhos e bem-haja por este texto maravilhoso.
Beijinhos.
Ailime

avlisjota disse...

"Há um tempo para tudo e cada coisa tem o seu tempo."

Acho que estamos sempre a tempo de tudo. Não concordo que haja um tempo para cada coisa... podemos fazer aos quarenta algo que poderiam ter sido feitas aos vinte ou trinta. Visto desta perspectiva é como se passássemos de prazo...

Bjs Fa e boa semana!

José

Podes partilhar também aqui as tuas palavras