20140907

Amar - o pleno cumprimento da Lei de Deus

[Ágape: o amor-caridade]

23º Domingo do Tempo Comum - Ano A
II Leitura

"Irmãos:
Não devais a ninguém coisa alguma,
a não ser o amor de uns para com os outros,
pois, quem ama o próximo, cumpre a lei.
De facto, os mandamentos que dizem:
«Não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não cobiçarás»,
e todos os outros mandamentos, resumem-se nestas palavras:
«Amarás ao próximo como a ti mesmo».
A caridade não faz mal ao próximo.
A caridade é o pleno cumprimento da lei."
(Rom. 13,8-10) 


Mais palavras para quê?...

No entanto, conseguiremos nós amar (sempre) com esse amor?!

5 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Amar os outros como a nós próprios é utópico.
Mas devemos perseguir essa utopia.
Digo eu, que sou agnóstico, mas que aceito os mandamentos...
Beijo.

Daniel Aladiah disse...

Querida Fá
Plenamente de acordo... só o amor justifica a vida!
Beijo
Daniel

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

No fundo é de amor que somos feitos, é de amor que ansiamos, e é de amor que se faz vida...

um beijo amigo

Vanuza Pantaleão disse...

O amor ágape, tenho uma antiga postagem sobre esse fraternal tema.
Amiga, obrigada e uma semana boa para ti!Bjsss

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Jesus é muito claro e não deixa dúvidas.
O mandamento maior é o amor. Cumprir a lei sem ficar em débito para com ninguém.
Infelizmente o nosso tempo está cheio de mentira,adultério,roubo e muitas mortes de inocentes.
Jesus deve estar aborrecido porque as pessoas deixaram de amar e de cumprir os Seus mandamentos.