segunda-feira, 27 de março de 2017

Toma-me de entre a minha dispersão


Manifesta a tua santidade em mim
Toma-me de entre a minha dispersão,
Recolhe-me de onde me perdi
Enche-me de novo o coração.

Tu és a água viva,
Tu és a água pura,
Inunda-me, inunda-me
E tudo se transformará em mim.

(Ir. Glenda Hernandéz, Tu És a Água Viva)





4 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Água fresca pura cai sobre nós e nos inunda quando nós abrimos de corpo e Alma aos segredos do céu.

Majo Dutra disse...

Terno abraço, querida Fá.
~~~~~~~~~~~~~~~~

Smareis disse...

Que linda essa canção!
Desejo uma Feliz Páscoa pra você e todos os teus!
Deixo um grande abraço!

Maré Viva disse...

Obrigada, amiga Fá, pelos teus votos de Páscoa Feliz, que retribuo de coração.
E vou realçar os versos que publicaste e que são muito verdadeiros e apropriados:
"Tu és a água viva,
Tu és a água pura,
Inunda-me, inunda-me
E tudo se transformará em mim."
Beijos.