domingo, junho 30, 2024

No mês do Sagrado Coração de Jesus


"Tomou, então, o pão e, depois de dar graças, partiu-o e distribuiu-o por eles, dizendo: «Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós; fazei isto em minha memória.» Depois da ceia, fez o mesmo com o cálice, dizendo: «Este cálice é a nova Aliança no meu sangue, que vai ser derramado por vós.»" (Lc 22, 19-20)

É na Eucaristia que o Coração de Jesus, o seu amor, se dá todo a nós: corpo, sangue, alma e divindade. 
Ele é o Pão Vivo descido do Céu para ser nosso alimento.
Comungá-lo é viver d'Ele, é permanecer n'Ele, é receber a Vida, é alimentar-se do Pão celeste que dá vida, santifica, cura, transforma, purifica, fortalece, cristifica.
A Eucaristia é a presença de todo o Seu Coração (Amor) e, por isso, deve ser o centro da nossa vida.
No altar temos de aprender com Cristo, com o Seu Coração Eucarístico, a darmo-nos, a ser alimento para os outros viverem através do nosso dom e da nossa entrega, no serviço alegre e humilde, na dádiva de nós aos outros. 
(In: Dário Pedroso, S.J. - Coração Trespassado, O Amor Louco de Deus)


Na sexta-feira depois da oitava da festa do Corpo de Deus, a Igreja celebra a festa do Sagrado Coração de Jesus.
 
Mas a Igreja dedicou à sua veneração também um mês inteiro: o mês de Junho.

A Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

sábado, junho 29, 2024

sexta-feira, junho 28, 2024

Um labirinto







sugestões de leitura: 

1984 de George Orwell

(adenda)


quarta-feira, junho 26, 2024

Não tenho culpa de ser um caso raro


(clicar em cima da letra para ler e ver os acordes - créditos Renata Cortez Sica )

terça-feira, junho 11, 2024

Pois quem ama não teme o bem e o mal


«O que eu sinto não posso explicar, 
 É difícil saber e dizer
(...)
— Renasce em mim!»

   
(Grupo das Terças, Renasce em mim)

Se um dia ficasse sem ti, 
Olharia as estrelas do céu, 
P'ra lembrar que viveste por mim. 
E p'ra sempre guardar-te, 
Para sempre lembrar-te, 
Na marca de um gesto meu. 

 Refrão : 
Renasce em mim, 
Mostra como ama alguém
Que precisa de mim
P'ra mostrar o melhor que Deus tem. 

O que eu sinto não posso explicar, 
É difícil saber e dizer; 
O que eu tenho não posso negar, 
Que é aquilo que eu quero, 
É a Ti que eu desejo 
E não vou abandonar. 

 Refrão 

Reviver o que vivi,
Renascer contigo, 
Conquistar o Teu espaço astral, 
Pois quem ama não teme o bem e o mal.


Partilhas maiores