20091010

O que me tira o sono



- Filho, quando é que ganhas para uns sapatos?
- O quê? Com duas horas por dia nas AECs?!


- Filha, como estás crescida!
- Também já não me vias há quinze dias!

19 comentários:

Paula Raposo disse...

Eu penso que a realidade nos tira mesmo o sono! Beijinhos.

Chinha disse...

Temos sempre coisas na vida que teimam em tirar-nos o sono....

Bom domingo

bjito

gaivota disse...

e onde anda o sono??? nem há tempo para ele, eu já desisti de o procurar/encontrar...
o tempo corre velozzzzzzzzzzzzz
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
a mim ninguem tira
o que não tenho, srsrsr,
,
brisas serenasm deixo,
,
*

Cátia disse...

Minha querida,

Tens uns filhos lindos, inteligentes e que estão a formar/construir a sua vida... vao crescendo e voando... eles saberão o seu caminho, verás... fizeste um bom trabalho, estou certa disso...

Deixo-te um beijinho mt grande
CA

teresa disse...

oh minha amiga tu és uma pessoa maravilhosa e de certeza que passaste os valores certos aos teus meninos .
não te preocupes que deus á de guia-los sempre pelo melhor caminho , não te preocupes que vai correr tudo bem .


conta carneirinhos que o sono vem he he he


beijinhos amiga

gaivota disse...

o que quer dizer AEC??? vá lá conta... imagino que deve ser algo de "lá"...
boa semana
beijinhos

Fa menor disse...

Tive que tirar agora um bocadinho para vos responder...
O nosso sono (o meu sono, pelo menos) é perturbado, quantas vezes, por tantas preocupações e afazeres.
Ultimamente, são estes meus dois 'meninos' queridos que ainda estão 'com um pé em casa' e com outro fora dela, o Ti e a Jo que me inquietam o coração...
O Ti... prof nas AECs (Actividades de Enriquecimento Curricular, ou seja, aqueles prolongamentos de horários nas escolas do 1.º ciclo, neste caso com educação física - está bem assim amiga gaivota?), a recibos verdes, que não ganha senão para a Segurança Social.
A Jo na Universidade de Aveiro, o que me mói de saudades.

Obrigada a todos
Beijinhos

Peço desculpa pela falta de resposta a todos os comentários anteriores, mas é mesmo porque o tempo anda de mal comigo; mas leio-os todos com muito carinho.

JAC disse...

como Carneiro que sou (de nome) também aconselho a contar carneirinhos.

mas compreendo essa preocupação constante - como uma tensão - em relação aos filhos.

Todos somos filhos e todos sentimos isso dos nossos pais.

não podemos é esquecer de viver a nossa vida.

bjs

xistosa - (josé torres) disse...

Os filhos são como os balões inflados, mas com uma longa corda que vai esticando ... esticando ...
Um dia parte-se e lá vão.
Parece que o material das cordas, (segundo se lê) é mais eficiente e soltam-se mais tarde.

Foi o que fizemos ... eles fá-lo-ão ... mais tarde ou mais cedo.

gaivota disse...

sendo assim... quase acredito que até deve conhecer alguns dos atletas de hóquei em patins que jogam lá no candelária, e leccionavam e lecciionam na ecola da madalena... será!?!?!?!?!?
as saudades e o sistema a que obrigam a vida das nossas crianças...
pergunto "para quê?", onde está a garantia do futuro...
e crescemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
é assim, fa!
beijinhos

Fa menor disse...

Bem, se calhar vou experimentar a contar carneiros... é que por este andar as minhas insónias não me vão largar tão cedo...

eles crescem, soltam-se mais tarde... e soltar-se-ão mais tarde ou mais cedo, sim, mas...
apesar de, por um lado, os querer ter por perto, chega uma altura em que deveriam ser independentes e não o podem ser porque... a garantia de futuro é o que se vê...

Gaivotinha,
o que está lá onde dizes já tem os dois pés fora aqui da casa... e não, não é dessa área profissional;
apesar das imensas saudades, sei que está bem e assim por esse lado, eu também.

Obrigada a todos
Bjs

Reninha disse...

Espera no Senhor...
Põe tuas preocupações, verdadeiramente, em Suas Mãos e Ele cuidará para ti e velará sobre teu sono... Beijins!

Mário Margaride disse...

É mesmo. Saõ estas realidades que muitas vezes nos tirão o sono.

Beijinhos e uma excelente semana!

Mário

Nilson Barcelli disse...

Os filhos, mesmo com tudo a correr bem, tiram sempre algum sono aos pais (principalmente à mãe...).
Beijos.

DE MÂOS DADAS disse...

O tempo passa mesmo depressa...
E é preciso fazer contas á vida.
Mas o que conta é viver o melhor possivel.

Canela disse...

Pois...

"filhos criados, trabalhos dobrados!"


Beijinho

legivel disse...

... nunca deixaremos de nos preocupar com os nossos filhos. Mas que isso não seja tão evidente, que sejam eles a preocuparem-se connosco. Ou seja, devemos tentar dormir um pouco mais. Sem exageros.

bjs e sorrisos.

Fa menor disse...

Os filhos, sempre os filhos, para nos tirarem o sono...
quando é que conseguirei deixar de 'viver em função deles'?!
:)
Obrigada a todos pelas palavras de amizade.
Beijinhos

Podes partilhar também aqui as tuas palavras