20091029

Ruído

É manhã. Por detrás das copas das árvores, o calor do sol quer espreitar. Os raios incidem sobre os fios finíssimos que uma fiandeira teceu de noite. Uma brisa levezinha faz dançar as folhas a um ritmo descompassado. Na esplanada do café, uma mesa com duas cervejas: pequeno almoço que as donas levam aos lábios no intervalo do cigarro e da conversa. No passeio, o sobe e desce de gente apressada. O barulho dos motores dos carros, que também sobem e descem, é misturado ao bater do martelo das obras do jardim e ao tilintar das garrafas vazias a baterem umas nas outras ao serem apanhadas do chão - ainda restos da latada. E, na frente dos meus olhos, apontamentos sobre a Carta de Ottawa nos quais tento, em vão, mergulhar.
Das duas uma: ou abstraio-me do que se passa à minha volta e me concentro no que preciso de estudar, aproveitando assim este tempo morto de espera, ou saio do carro e vou fazer uma caminhada, dar uma volta pelo jardim, respirar outro ar, beber de outras fontes. Desentorpecer as pernas, arejar a mente. Sim, parece-me bem. Esta segunda ideia é-me muito mais atraente.

19 comentários:

Je Vois la Vie en Vert disse...

A segunda ideia é muito mais rica em todos os aspectos !

Beijinhos

Verdinha

teresa disse...

sim a segunda ideia é também a minha escolhida , vamos eu também vou seguir nessa .
apanhar ar , por as ideias em ordem .

beijinhos

Eduardo Aleixo disse...

Nem mais. Fizeste bem. Estava a ver que não vinhas ter comigo, amor, -
- diz o bosque do ar puro, do verde e azul do céu e é também aquilo que um passarinho canta-.
Edu
---------------
Obrigado pelas tuas palavras no meu blogue.

Å®t Øf £övë disse...

Fá,
Eu adoro caminhar sem destino, sentindo a brisa do ar na cara. Parece-me que a tua escolha pode ter sido a mais acertada.
Bjs.

Reninha disse...

Nada melhor do que a brisa leve acariciando a nossa pele, mostrando a bondade de Deus conosco! Beijins!

xistosa - (josé torres) disse...

Que forte pequeno almoço.Cerveja e ... não me diga que eram com uma sande de torresmos ou couratos, ou ... seja lá o que for.
Depois para a digestão, então sim ... uma caminhada.
Ainda há pessoas com bom estômago.
Estas não necessitam da Carta de Ottawa.
Já trataram da saúde ... e do corpo.

gaivota disse...

desentorpecer as pernas jé é muito bom!
e arejar a cabeça!
preciso tantooooooooooooooo
vou falando com o meu "picaroto", e ainda tenho massa sovada e linguiça... assim "arejo"
beijinhos

legivel disse...

... a segunda hipótese é bem mais arejada que a primeira que prima(?!) pela poluição auditiva e olfactiva.
Depois no jardim, podes voltar a essa "carta" que já foi escrita há uns anos largos...

beijos e sorrisos.

Daniel disse...

Essa postagem me lembrou a música "Construção" do Chico Buarque, me lembrou algo acontecendo às pressas, como se necessário fosse correr, andar um pouco mais acelerado.

Beijos

Mário Margaride disse...

Pois é minha amiga.

A segunda sugestão, é de facto a mais saudável.

Um bom fim de semana.

Beijinhos

Mário

DE MÂOS DADAS disse...

Nada mau respirar ar puro...
Muitas vezes há coisas mais importantes que outras.
Viver a vida e saborear o que nos dá é bom
Bom fim de semana, nada de matar a cabeça.
Abraço amigo

Nilson Barcelli disse...

O primeiro parágrafo do teu post pareceu-me o início de um romance, onde o autor começa por criar o contexto para a primeira cena... que também dava o início de um filme... vi as tuas imagens, todas...
Querida amiga, nem sempre a obrigação deve estar à frente da devoção, como sabes... ainda que seja o contrário do que te ensinaram...
Boa semana, beijos.

Laura disse...

O pior é que o Tratado, continua lá à tua espera, para ser lido e...tratado, ehhh..Eu desligo o surfista quando o barulho é assim, irritante..beijinhos da laura

Pena disse...

Um texto lindíssimo de um admirável hino ao existir. À vida de todos os dias. Ao compasso e ritmo do nosso quotidiano.
Fantástico.
Beijinhos amigos.
Sempre a respeitá-la, cada vez mais e mais.
É lindo, o que escreve.
Cordialmente, o amigo sincero

pena

Fabuloso. Adorei.

poetaeusou . . . disse...

*
belo texto,
felicidades,
,
conchinhas,
,
*

Mário Margaride disse...

Querida amiga

Passo pelo teu cantinho carinhoso, para te desejar uma boa quinta feira, e um resto de semana com tudo de bom.

Beijo grande, com muito carinho.

Mário

JAC disse...

ola Fá

fico a aguardar visita e passagem por Águeda.

bjs

joaquim disse...

Oh amiga Fa

E porque não levar a tal carta e depois de um momento de passeio sentares-te num banco de jardim e aí lê-la e estudá-la?!

Beijo amigo em Cristo

Fa menor disse...

Verdinha,

Teresa,

Eduardo,

Å®t Øf £övë,

Reninha,

José

Gaivota,

Legivel,

Daniel,

Mário,

De Mãos Dadas,

Nilson,

Laura,

Pena,

Poetaeusou,

JAC,

Joaquim,

Eu sabia que podia contar com o vosso apoio :)

Obrigada a todos.

Beijos



JAC,
olha, nunca se sabe...

Bjs