domingo, maio 12, 2024

“O amor materno é o único que poderá ser comparável ao de Deus”

«Deus é exactamente como as mães. Liberta seus filhos e haverá de buscá-los eternamente. Passará todo o tempo de coração pequeno à espera, espiando todos os sinais que Lhe anunciem a presença, o regresso dos filhos. 

Deus é exactamente como são as mães, que criam e depois vão ficando para trás, numa distância que parece significar que não são mais precisas, e Ele, como elas, só sabe amar acima de qualquer defeito e qualquer falha, com cada vez mais saudade, mas não sabe o caminho, não sabe por onde os filhos foram, só pode suplicar que não se percam e não se percam da vontade de voltar. (…)

Deus como as mães, corre os dias inteiros à janela e escuta. Qualquer bulício Lhe acelera o coração. Se existem passos em redor de Sua casa, se alguma voz o  chama, palpita como doido de alegria na esperança de ter um filho em visita. (…) 
Exactamente como as mães, Deus cozinha seus pratos favoritos e acredita que agora ficarão para sempre ou, ao menos, regressarão todos os fins-de-semana, todos os meses, que não vão ficar separados, sem notícias tanto tempo, porque dói demasiado. (…)
Deus, como são as mães, tem a impressão que vai morrer se não voltar a ver os filhos. (…)
 
Todos deveríamos amar como amam as mães, que julgo ser como Deus ama.»

sugestão de leitura:

10 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Bom domingo de Dia das Mães, querida amiga Fá!
É a segunda vez que leio o texto belo hoje.
Foi uma escolha excepcional a sua para homenagear as Mães.
Tenha um Dia especial!
Beijinhos com carinho fraterno

Ane disse...

Hoje é dia das mães aí?
Pra nós é o próximo domingo.
Realmente, o amor de mãe é sublime.
Bom domingo!💖

Maria Rodrigues disse...

Excertos brilhantes que tanto dizem sobre o amor das mães. Revi-me nessa reflexão ... o coração apertado à espera que cheguem a casa ... a dor da saudade depois de partirem para longe ... enfim, Mãe ama incondicionalmente.
Um post perfeito para celebrar o Dia da Mãe, espero que o seu, tenha sido muito feliz.
Beijinhos

Mário Margaride disse...


Olá, amiga Fá,
Todas as mães merecem o nosso amor, carinho e respeito.
Embora se celebre o dia da mãe uma vez por ano, todos os dias são dias das mães. Elas estão presentes a cada dia, cada hora hora, cada minuto.

Excelente homenagem!


Deixo os meus votos de uma feliz semana, com tudo de bom.

Beijinhos.

Mário Margaride

http://poesiaaquiesta.blogspot.com
https://soltaastuaspalavras.blogspot.com

J.P. Alexander disse...

Muy cierto profunda reflexion. Te mando un beso.

Juvenal Nunes disse...

A nossa caminhada terrena não é infinita.
Um dia voltaremos todos para Deus.
Abraço de amizade.
Juvenal Nunes

Lucimar da Silva Moreira disse...

Deus tem muito cuidado com todos os seus filhos, o amor de Deus não tem limites, as mães são presentes de Deus para nós bjs.

Jaime Portela disse...

Já tinha lido antes este magnífico texto.
Mas de tão bom vale sempre a pena relê-lo.
Boa semana.
Beijinhos.

Flávio Cruz disse...

Bela escolha, Fa! Também acredito que o amor de mãe é o mais perto que um ser humano pode chegar do amor de Deus! Meu abraço, amiga; boa semana.

Olavo Marques disse...

Olá Fá! Sei que o dia da mãe já passou, mas acho que ainda vou a tempo de deixar aqui o meu comentário! O amor de mãe é um amor especial... Um belo tributo religioso aqui deixado 🤗 abraços!

Partilhas maiores