terça-feira, março 08, 2022

Dos Direitos das Mulheres


«Neste dia da Mulher não posso deixar de lembrar o genocídio (...) nos países em que ter uma filha "não dá jeito nenhum".  

Ainda nem a todas as mulheres são reconhecidos direitos, começando pelo direito a nascer, a viver. 

(Aborto seletivo: condenadas por serem mulheres)


É caso para dizer também que os direitos de uma mulher (e também de um homem) terminam onde começam os de Outra (ou de outro).


7 comentários:

Ailime disse...

Boa tarde Fá,
É gritante, triste, doloroso, o que em pleno Sec. XXI ainda se pensa e faz à Mulher!
Fico com um nó no peito.
Não podemos calar estas atrocidades.
Beijinhos e boa semana, com saúde.
Ailime

" R y k @ r d o " disse...

Muito lamentável ainda acontecerem coisas tão más assim. Existem mentalidades que deveriam ser totalmente erradicadas da terra.
.
Votos de um dia feliz
Cuide-se
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

By Me disse...

Impensável, parece coisa de homens das cavernas! A nível de mentalidade é isso mesmo!

Beijinhos e gostei da tua publicação.

Majo Dutra disse...

Não sabia, para mim é novidade...

Por trás, pobreza, falta de educação e de valores éticos.

Dias bons, Fá. Beijinhos
~~~~~

Fê blue bird disse...

Uma publicação muito oportuna, sobre as desigualdades flagrantes das mulheres.
Uma vergonha para a humanidade estas atrocidades.

Um beijinho

alfacinha disse...

Ainda há bastante injustiça neste mundo
Abraço

Porventura escrevo disse...

A injustiça é realmente uma tristeza
E não se irá embora tão cedo

poderá também gostar de:

Partilhas maiores