segunda-feira, julho 06, 2020

Não tenho culpa de ser um caso raro


(clicar em cima da letra para ler e ver os acordes)

4 comentários:

edna figueiredo disse...

Olá querida amiga,
que música linda!!!
Amei!!

Beijinho.

Alfacinha disse...

Pólo Norte
uma banda que posso apreciar muito
bjs

CÉU disse...

Há muito que não ouvia os "Polo Norte". A canção tem uma letra significativa.

Beijos e dias felizes.

Pedrasnuas disse...

Polo Norte, ei que música! Gosto disto, de partir a loiça toda.
Amar e perder esse pouco que se tem, é doloroso, é sofrido, é tramado! Às vezes não é perder, criamos dentro da nossa cabeça alguém que não existe e um dia, essa pessoa tem mesmo uma ou mais atitudes surpreendentes. Soa uma campainha cá dentro. Mas desvalorizamos, aquilo nos está a ferir e a magoar. E permitimos, até que um dia, essa mesma pessoa decide bater com a porta e ir-se embora... Não foi a máscara que caiu, quem está do lado oposto, recusou-se a ver. Depois, sofre muito mais.
Outra coisa é enganar, mentir, fazer-se passar por quem não é!
A mim, pessoalmente, se eu perceber que me faltam à verdade, não dou mais que duas chances. O abuso tem limites, o desrespeito também. Quem coloca na rua, sou eu!

Bom fim de semana
👄👄👄

Partilhas maiores