segunda-feira, dezembro 06, 2021

A ver o mundo de outra janela





“O que nos causa sarilhos não é aquilo que não sabemos”.


- Mas o que é que está a acontecer?
Diz a letra da música de Melissa Etheridge:
“Have I been sleeping?
I’ve been so still
Afraid of crumbling
Have I been careless?”

(Eu estava dormindo?
Eu estava tão parada
Com medo de despedaçar
Eu estava desatenta?)



Os oceanos aquecem e acontecem tempestades fortes, furacões, degelos em larga escala, cheias e secas, doenças e pragas… Será que o clima está a mudar? A Natureza está a enlouquecer?
- Será mesmo? Não será uma profecia da desgraça? Não será, como sempre ouvi aos antigos, que o mar que vem buscar o que já foi seu?!


Porque o que mais há é quem lance dúvidas, o que leva as pessoas a ficarem confusas. Temos que procurar separar a verdade da ficção, se conseguirmos. Porque aquilo que tomamos por garantido pode já não existir para os nossos filhos”. E um dia eles poderão perguntar porque não agimos enquanto estávamos a tempo de o fazer.

“Fazer o que está correcto faz-nos progredir.”

- E “cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém”!

(Mas agora também já dizem que os caldos de galinha podem fazer mal também.)


Hello!!!

“That I need to move
I need to wake up
I need to change
I need to shake up
I need to speak out
Something’s got to break up
I’ve been asleep
And I need to wake up
Now”


(Que eu preciso de me mover
Preciso acordar
Preciso mudar
Preciso sacudir
Preciso falar
Certas coisas têm que quebrar-se
Tenho estado a dormir
E preciso acordar
Agora)

Eu acho que na Natureza "nada se perde, tudo se transforma", mas podemos sempre mudar o que estiver ao nosso alcance para tornar o mundo uma casa melhor habitável. 


- Acho que cada um de nós tem de fazer a sua parte e, pelo sim pelo não, ir sensibilizando os outros.


Para começar…
- Desligar os aparelhos eléctricos quando não estiverem a ser utilizados. Desligar da tomada os aparelhos eléctricos que menos usar, porque eles continuam sempre a gastar energia.
- Lavar a roupa com água fria ou morna.
- Secar a roupa numa corda em vez do secador da roupa, sempre que possível.
- Pôr a louça a lavar só quando a máquina estiver cheia.
- Comprar aparelhos com um consumo eficiente. Trocar as lâmpadas incandescentes pelas lâmpadas fluorescentes/económicas.
- Ajustar o ar condicionado. Limpar os filtros.
- Melhorar o isolamento térmico da casa, aumentar a insolação, pedir uma análise do consumo de energia.
- Mudar para fontes renováveis de energia.
- Isolar as janelas, portas e tecto para gastar menos energia em aquecimento.
- Usar e abusar dos “3R´s” – Reduzir, Reutilizar e Reciclar.
- Usar papel reciclado.
- Plantar árvores. Muitas árvores. 
- Comprar comida fresca e menos congelados.
- Procurar comprar em mercados locais.
- Se se puder, comprar um carro híbrido. Se não, um que seja eficiente e gaste menos combustível e com menor emissão de gases.
- Ter atenção à manutenção do carro: quando maior a sua eficiência, menos gases nocivos são libertados. E ver o estado dos pneus, que também ajuda.
- Sempre que possível, andar a pé ou de bicicleta, ou de transportes públicos.
- Deixar de fumar e incentivar os que nos rodeiam a fazerem o mesmo.
- Não estragar o mundo em que os nossos filhos vão viver.
- Rezar para que as pessoas encontrem a força para mudar. E para que Deus nos acuda e ajude!  


6 comentários:

  1. «O SENHOR Deus levou o homem e colocou-o no jardim do Éden, para o cultivar e, também, para o guardar.» Gn 2,15

    Repito: «e, também, para o guardar.»

    Sem mais palavras...

    Abraço amigo em Cristo

    ResponderEliminar
  2. Excelentes dicas, Fá Menor. Se cada um fizer a sua parte, nosso mundo só tende a melhorar!
    Lindo seu blog.
    A Paz de Jesus!
    Grande abraço em Cristo.

    ResponderEliminar
  3. Ora aqui está um tema que me entusiasma, o ambiente, apesar de na ter visto o documentário do senhor Gore, para alem de não apreciar muito a personagem, ainda não provou que o prémio Nobel foi bem entregue, a questão ambiental é fundamental para o mundo, não falo de nós porque para nós serve, falo em deixar um local para os nossos filhos e netos, a pior mentalidade que se tem hoje é de quem vier a seguir feixe a porta. Eu acredito que temos de preparar o futuro hoje, porque se não assim for dificilmente teremos futuro.

    ResponderEliminar
  4. Se cada um de nós fizessse metade do que aqui deixaste escrito, estaríamos bem melhores.
    Contudo, importa que os governos do mundo também se preocupem. O problema é global e exige soluções globais.

    ResponderEliminar
  5. Buenos consejos para cuidar nuestro mundo. Te mando un beso

    ResponderEliminar
  6. Bons conselhos para quem muita gfente anda distraido
    :-)

    ResponderEliminar

«As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável.»
(Sta Teresa de Calcutá)

poderá também gostar de:

Partilhas maiores